2013
02
jul

Opera 15, com WebKit, já pode ser baixado

Em fevereiro deste ano (2013), a Opera Software prometeu trocar o “motor” de renderização do navegador que leva o seu nome pelo WebKit (na verdade, pelo Blink, projeto derivado deste último), engine que também é utilizada por browsers como Chrome e Safari. Promessa feita e cumprida: nesta terça-feira (02/06/2013), a versão final do Opera 15, a primeira a contar com esta característica, foi oficialmente lançada.

Depois de instalar o programa, o primeiro detalhe que o usuário nota é a reestilização do visual. Não é nada muito agressivo: o botão Opera, no canto superior esquerdo, continua lá, tal como a disposição das abas. A diferença está, essencialmente, no uso massivo de linhas retas que implica também na eliminação de cantos arredondados.

Opera 15

Opera 15

Mas, o aspecto mais importante é o desempenho e, neste ponto, o Opera 15 não faz feio: o navegador abre páginas rapidamente, executa JavaScript, CSS e HTML5 em tempo hábil, alterna entre abas imediatamente, não se mostra – pelo menos nos testes feitos para esta nota – um grande consumidor de memória RAM, enfim.

Por outro lado, é bom frisar, o usuário não encontrará nesta versão recursos clássicos do navegador, como o cliente Mail, o Opera Link e a ferramenta de bookmarks (marcadores).

Para baixar o Opera 15, basta visitar a página www.opera.com. A novidade conta com versões para OS X e Windows.

Comentários desativados em Opera 15, com WebKit, já pode ser baixado

2013
13
fev

Com 300 milhões de usuários, navegadores Opera passarão a usar motor WebKit

OperaNesta quarta-feira (13/02/2013), a Opera Software anunciou ter alcançado a marca de 300 milhões de usuários nos navegadores de internet que levam o seu nome. Teria sido meramente uma notícia comemorativa se não fosse um detalhe: na nota, a empresa também explicou que, em breve, passará a usar o WebKit em seus softwares, o mesmo “motor” que é utilizado para renderizar páginas dos navegadores Chrome e Safari.

De acordo com a empresa, a mudança acontecerá de maneira gradativa e afetará tanto as versões para desktop quando as edições para dispositivos móveis. Já havia a desconfiança de que a Opera Software estava prestes a fazer isso quando a companhia anunciou, em janeiro deste ano, uma variação do Opera para Android e iOS baseado justamente no WebKit.

Não está claro o que levou a Opera Software a tomar esta decisão depois de dedicar 18 anos no desenvolvimento de praticamente todos os aspectos de seus navegadores. É possível que, no entendimento da empresa, não valha mais a pena empreender tantos esforços nestes produtos – 300 milhões de usuários é um número respeitável, mas nem de longe tão expressivo quanto as fatias de mercados dos concorrentes Chrome, Firefox e Internet Explorer.

O WebKit tem a vantagem de ser um software atual – suporta várias tecnologias recentes, como HTML5 –, bem documentado e open source, características que facilitam enormemente a sua adoção. Mas a companhia sabe que será duramente criticada se apenas “tirar proveito” do trabalho alheio, razão pela qual prometeu também contribuir com o projeto.

Além do WebKit, os navegadores Opera contarão também com o V8, motor para execução de código em JavaScript criado pelo Google e, consequentemente, implementado no Chrome. A Opera Software ressaltou ainda que está desenvolvendo uma ferramenta que permitirá a conversão das extensões (add-ons) atuais para versões compatíveis com as alterações.

Comentários desativados em Com 300 milhões de usuários, navegadores Opera passarão a usar motor WebKit

2012
14
jun

Opera 12 já está disponível para download

A Opera Software acaba de disponibilizar oficialmente a versão 12 do navegador que leva o seu nome. Assim como normalmente acontece em cada lançamento, a atualização tem o desempenho melhorado entre as suas principais características (pelo menos é o que a empresa diz). No entanto, o que mais chama a atenção do Opera 12 é a possibilidade de ativação de uma webcam a partir do próprio navegador.

Opera 12

Aba do Opera 12

A ideia é a de fazer com que o uso da câmera do computador seja facilitada, sem que o usuário tenha que recorrer a aplicativos diferentes para cada atividade com o dispositivo. Assim, uma rede social, por exemplo, pode aproveitar o recurso para permitir ao usuário trocar a foto de seu perfil utilizando uma foto tirada na hora, a partir de sua webcam. O problema é que, pelo menos por enquanto, há poucas aplicações compatíveis com a funcionalidade.

Entre as demais características do Opera 12 estão: a disponibilização de aproximadamente 350 temas para que o usuário possa personalizar o navegador; implementação do recurso Do Not Track, que “avisa” aos sites compatíveis com a funcionalidade que o usuário deseja não ter sua navegação rastreada; barra de endereços reformulada para oferecer sugestões mais precisas; entre outros. O vídeo abaixo mostra o browser em ação:

O Opera 12 pode ser baixado em www.opera.com/download. O programa conta com versões para Windows, OS X, Linux e outros sistemas baseados em Unix.

Comentários desativados em Opera 12 já está disponível para download

2011
28
jun

Versão final do Opera 11.50 já está disponível

A Opera Software liberou hoje (28/06/2011) a versão final do navegador Opera 11.50 (codinome Swordfish). Antes do lançamento, a companhia disponibilizou várias versões release candidates, tudo para que o programa fosse liberado em plenas condições de aumentar a participação da empresa no tão disputado segmento de browsers.

Opera 11.50

Opera 11.50

As novidades do Opera 11.50 não são “revolucionárias”, mas não deixam de ser interessantes. Para começar, o empenho para disponibilizar interfaces cada vez mais limpas continua. Neste quesito, o Opera só perde para o concorrente Google Chrome. Agora, também é possível incluir senhas no Opera Link, ferramenta que permite ao usuário sincronizar preferências de navegação entre dois ou mais dispositivos.

O Speed Dial, que exibe miniaturas das páginas mais acessadas toda vez que o usuário abre uma aba, agora também suporta extensões. É possível, por exemplo, incluir um aplicativo de previsão do tempo. Também há correção de falhas, suporte melhorado a HTML5, processamento mais rápido de CSS e SVG, entre outros.

O Opera 11.50 pode ser baixado gratuitamente em www.opera.com/browser. Há versões para Windows, Mac OS X, Linux, FreeBSD e Solaris.

Comentários desativados em Versão final do Opera 11.50 já está disponível

2011
24
jun

Co-fundador da Opera Software anuncia sua saída da companhia

Jon S. von TeczchnerO engenheiro Jon S. von Tetzchner, fundador da Opera Software, anunciou hoje (24/06/2011) que deixará a companhia no próximo dia 30. A decisão foi tomada em comum acordo entre o conselho administrativo da empresa e o executivo.

A Opera Software surgiu na Noruega pelas mãos de Tetzchner e Geir Ivarse no final de agosto de 1995. Seu primeiro produto foi o navegador que leva o nome da companhia, sendo que a primeira versão para Windows surgiu em 1997.

Apesar do Opera Browser existir até hoje para diversas plataformas, nunca conseguiu um número tão expressivo de usuários quanto seus concorrentes Internet Explorer, Firefox e Chrome. Por outro lado, as versões móveis do navegador, o Opera Mini e o Opera Mobile, são bastante populares, o que certamente serviu para fortalecer a empresa no mercado.

“Quando comecei, éramos apenas alguns caras em um escritório bem pequeno. Agora estamos espalhados por todo o mundo, temos mais de 740 funcionários e mais de 200 milhões de usuários. Estou bastante orgulhoso do que temos feito (…)”, disse Tetzchner no comunicado oficial de sua saída.

Tanto o comunicado quanto o e-mail enviado pelo executivo aos funcionários da Opera Software não deixam claro o motivo da saída. Esta última mensagem, no entanto, cita divergências entre o co-fundador e o conselho da empresa.

Jon S. von Tetzchner ainda não deixou claro a que atividades se dedicará daqui para frente.

Referências: Opera, TechCrunch. Foto por Wikipedia.

Comentários desativados em Co-fundador da Opera Software anuncia sua saída da companhia