Prestes a entregar as primeiras unidades, Google divulga as especificações do Google Glass

Os tão esperados “óculos inteligentes” do Google – o Google Glass – deverão ser disponibilizados para o público em geral somente em 2014, mas as primeiras unidades do dispositivo serão entregues nos próximos dias aos desenvolvedores que o adquiriram em pré-venda. Diante desta proximidade, a empresa revelou recentemente alguns detalhes de suas especificações.

Google Glass – Imagem por Google

Google Glass – Imagem por Google

O Google Glass contará com 16 GB de espaço para armazenamento de dados (mas somente 12 GB estarão disponíveis ao usuário), câmera de 5 megapixels capaz de gravar vídeos com resolução de 720p, visor equivalente a uma tela de 25 polegadas visualizada à distância de 8 pés (2,4 metros), sistema de áudio baseado em condução óssea (o usuário recebe o som a partir de ondas que percorrem os ossos do crânio até chegar aos canais auditivos) e bateria com autonomia de um dia em condições de uso típicas.

No aspecto da conectividade, o Google Glass oferecerá Wi-Fi 802.11g, Bluetooth e porta microUSB, por onde é feita a recarga da bateria do dispositivo.

O Google também enfatizou os principais aspectos que devem ser seguidos pelos desenvolvedores interessados em disponibilizar aplicativos para o Google Glass:

  • o software deve ser testado no Google Glass (e não em um simulador, por exemplo), uma vez que este é um dispositivo novo e, portanto, requer bastante atenção na avaliação de sua experiência de uso;
  • deve-se evitar notificações desnecessárias do aplicativo e fornecer recursos adequados para que o usuário possa usufruí-lo devidamente;
  • o aplicativo deve sempre exibir informações atualizadas, em tempo hábil;
  • para que o usuário não seja negativamente surpreendido, é necessário ser “transparente” com ele, solicitando autorização para realizar determinadas tarefas, por exemplo.

Outras informações sobre o Google Glass podem ser encontradas nos endereços www.google.com/glass/start e developers.google.com/glass.

Referências: TechCrunch, SlashGear.