MPAA quer que o Hotfile tenha o mesmo destino trágico do MegaUpload

Depois de o MegaUpload ter sido sumariamente fechado pelo FBI, a MPAA (Motion Picture Association of America), grupo que reúne os principais estúdios de cinema dos Estado Unidos, se sentiu motivada a “atacar” mais serviços do tipo: a entidade quer que o Hotfile, outro famoso site de downloads, seja fechado por disponibilizar indevidamente conteúdo protegido por direitos autorais.

Para tentar acelerar o processo, a MPAA apresentou a um tribunal na Flórida os resultados de um estudo que mostram que, atualmente, mais de 90% do conteúdo disponibilizado pelo Hotfile é ilegal, sendo que apenas cerca de 5% são, comprovadamente, material que pode ser distribuído legitimamente.

O estudo serve de complemento a processos judiciais iniciados pela MPAA em 2011 e, se considerado pela Justiça, poderá acelerar e muito uma reação contra o Hotfile, que provavelmente resultaria em seu fechamento. Neste sentido, o caso do MegaUpload é um precedente considerável, uma vez que as atividades de ambas as empresas são bastante parecidas.

Poucos dias depois do fechamento do MegaUpload, o Hotfile declarou ter adotado medidas para facilitar a identificação de supostos usuários infratores e fez mudanças em seu programa de afiliados para desestimular a distribuição de arquivos ilegais. Mas, a princípio, são medidas insuficientes para que a empresa seja considerada inocente das acusações, mas tudo dependerá das análises das autoridades dos Estado Unidos.

Referência: BBC News.

Um comentário em “MPAA quer que o Hotfile tenha o mesmo destino trágico do MegaUpload”

  1. Quero ver nessa babaquice ir fechar o Letitbit.net na Rússia. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk…to baixando muita coisa por ele agora…/…vai lá na Rússia fechar !!! kkkkkkkkkkkk

Os comentários estão fechados.