Fim de festa: Last.fm deixará de ser gratuito

Há tempos que eu deixei de ouvir rádio. E não foi por nenhum ideal politicamente correto do tipo “desligue o rádio e vá ler um livro”. Simplesmente abandonei as FMs da vida porque com cada vez mais frequência tocavam músicas que eu não gostava. Além disso, com o advento da internet, eu passei a ouvir as bandas que “eu gostava e sequer conhecia”. E o Last.fm contribuiu para isso.

Eu uso o Last.fm essencialmente como um recurso para descobrir bandas pouco conhecidas. Para essa finalidade, funciona melhor que o MySpace, na minha opinião. No entanto, conheço gente que usa o serviço quase que diariamente, não só pelas músicas em si, mas também como ferramenta de interação social, já que o Last.fm permite adicionar amigos, fazer recomendações de músicas, divulgar abertamente sua lista de reprodução e outras coisas do tipo.

Bye, Last.fm

Imagino eu que, por estar de olho nesses usuários “fieis”, o Last.fm decidiu arriscar e passará a cobrar 3 euros por mês pelo seu serviço de transmissão de músicas pela internet, exceto para os felizardos que moram nos Estados Unidos, no Reino Unido ou na Alemanha. Para os usuários assíduos de outros países, talvez valha a pena pagar, afinal, não se trata necessariamente de um valor alto. Mas, para os usuários menos frequentes, como eu, optar pelo “foi bom enquanto durou” talvez seja melhor.

Para falar a verdade, estava até demorando para isso acontecer. Não acho que a decisão tenha a ver com a crise econômica do momento, mas sim com a pressão de gravadoras e artistas. Acontece que, para transmitir as músicas, o Last.fm precisa pagar, e muito provavelmente o serviço não está conseguindo receita suficiente com publicidade, com possível exceção nos países citados no parágrafo anterior.

Para a geração internet, cujo lema é “nós não vamos pagar nada, lálálálá”, a notícia pode parecer uma tremenda sacanagem, mas ao menos essa é uma atitude mais simpática do que simplesmente fechar o serviço ao resto do mundo, como fez o Pandora

Referência: Blog Last.fm.