OpenPhoto: mais uma opção interessante para você compartilhar suas fotos

Se você ainda não encontrou um serviço de compartilhamento de fotos na Web que te agrade, talvez o gratuito OpenPhoto consiga atender às suas necessidades. Ganhando grande destaque no mês passado (abril de 2012), quando recebeu sua versão para iPhone, o serviço se diferencia por ser totalmente open source e por dar ao usuário maior controle sobre suas imagens.

Este controle se refere a vários aspectos. Para começar, quando uma foto é enviada ao OpenPhoto, você pode determinar se ela será privada ou pública, assim como pode escolher sua licença: todos os direitos reservados ou alguma opção em Creative Commons. É possível também criar grupos e só dar acesso às fotos para quem tiver sido cadastrado neles.

OpenPhoto

Não termina por aí: logo quando você cria a sua conta, é possível escolher entre armazenar suas fotos no próprio OpenPhoto ou guardar as imagens no Dropbox ou no Amazon S3. Nesta caso, o OpenPhoto obtém as imagens a partir do serviço escolhido, mas as exibe em suas páginas como se estivessem em seus servidores. Também é possível utilizar um serviço próprio: é que todo o sistema do OpenPhoto está disponível pra download no GitHub.

Quando a sua conta é criada, você ganha um endereço do tipo seunome.openphoto.me, uma maneira bem prática de divulgar sua galeria. A minha conta, por exemplo, é ealecrim.openphoto.me.  Para fazer upload de imagens, pode-se utilizar tanto a interface Web quanto o app para iPhone. Um aplicativo para Android será disponibilizado em breve.

Versão para iPhone – Imagem por OpenPhoto

Versão para iPhone – Imagem por OpenPhoto

Eu curti o OpenPhoto porque é um serviço fácil de usar, que exibe as fotos sem comprometer a qualidade das imagens e  que oferece recursos bacanas. Creio que, com o aumento das funcionalidades (aplicativos para outras plataformas, integração com mais ferramentas on-line, etc), o serviço terá tudo para fazer grande sucesso.

Como o OpenPhoto é gratuito, você deve estar se perguntando se este é um projeto sem fins lucrativos. Achei uma resposta interessante para esta questão: Jaisen Mathai, um dos fundadores do serviço (entre eles está também o brasileiro Patrick Santana), disse ao TechCrunch que a ideia é a de desenvolver um modelo de negócio semelhante ao que a Automatic mantém com o WordPress, ou seja, criar um “ecossistema” que envolve designers, programadores e afins em torno do OpenPhoto.

Caso queira experimentar a novidade, acesse openphoto.me. Para saber mais sobre o projeto, visite theopenphotoproject.org (em inglês).

Emerson Alecrim





Nenhum comentário

Comentários encerrados.