Visitei um site e recebi e-mail sem ter cadastro: como bloquear?

Você entra em uma loja online, dá só uma olhada em determinado produto e sai. Tempos depois, você recebe um e-mail dessa mesma loja com um link para continuar a compra. Muitas vezes, a mensagem vem até com o seu nome. Só tem um problema: você não se cadastrou lá e não autorizou o envio de e-mails de marketing.

Se não é autorizado, é SPAM. Então, por que cada vez mais lojas online e empresas de serviços recorrem a essa prática? Por um simples motivo: aparentemente, esse tipo de e-mail faz mesmo muitos visitantes voltarem ao site e finalizar a compra, principalmente se a mensagem trouxer algum tipo de desconto ou promoção.

Mas, se você é uma pessoa que leva a sua privacidade a sério, certamente vai se preocupar com isso, afinal, como essas lojas descobrem o seu e-mail e até o seu nome se não você tem cadastro lá ou, se possui, não fez login quando acessou o site?

Stop SPAM - por Bixabay

Como lojas online descobrem o meu e-mail? A praga das cookie pools

O truque está em um questionável mecanismo de rastreamento. Salvo raríssimas exceções, toda vez que você entra em um site, ele deixa no seu navegador um pequeno arquivo chamado cookie. Eles são úteis: graças aos cookies, você pode entrar várias vezes em determinado site (como uma rede social) sem precisar fazer login em cada acesso, por exemplo.

Até aí, tudo bem. O problema é que, hoje, há ferramentas de marketing para compartilhamento de cookies. Assim, se você tiver cadastro em alguma loja online ou site de prestadora de serviços digitais, os cookies provenientes do seu acesso poderão ser compartilhados com outras empresas por meio dessas ferramentas. Basicamente, é assim que sites nos quais você não tem cadastro descobrem os seus dados e te enviam e-mails após um acesso.

Na minha concepção, isso é invasão de privacidade online. Às vezes, entro em um site de comércio eletrônico só para consultar o preço ou descobrir as características de um produto. É horrível receber um e-mail depois disso. É como se estivessem o tempo me vigiando.

O nome atribuído a esses sistemas de compartilhamento de dados é cookie pool e eles costumam fazer parte de serviços de e-mail retargeting ou remarketing. Há vários deles. No Brasil, os mais conhecidos, pelo o que me consta, são o ShopBack (ou ShopTarget) e o CartStack.

Se você prestar atenção, vai descobrir que, normalmente, a maioria dos e-mails de empresas brasileiras enviados após visitas a uma loja virtual ou site de serviços vem de empresas como essas.

Como bloquear e-mails do ShopBack, ShopTarget e afins?

Do ponto de vista legal, o assunto é complexo por conta da falta de legislação específica. Sem contar que há brechas obtidas por meio da aceitação de termos de uso muitas vezes obscuros ou confusos.

Os sites das empresas de cookie pool até podem ter página para descadastro (opt-out) do seu e-mail. Mas eu já tentei fazer isso no ShopBack e não funcionou: os e-mails indesejados continuaram chegando. Por isso, a melhor tática talvez seja a de você mesmo tentar se proteger dessa “praga”.

A minha primeira sugestão é: use o modo anônimo do seu navegador. Sempre que você for pesquisar preços de produtos, passagens aéreas, serviços financeiros e assim por diante, o faça a partir de uma janela anônima (ou navegação privada, janela InPrivate, enfim). No modo anônimo, o navegador não irá guardar cookies e dados de sites, fazendo você não ser identificado para essas campanhas por e-mail.

Só que você pode simplesmente esquecer de abrir uma janela anônima, então aqui vai outra sugestão: bloquear o rastreamento. Eu tentei fazer isso sem ter que instalar extensões ou plugins. O método que funcionou foi o seguinte (para Chrome e Firefox no Windows):

Google Chrome: digite chrome://settings/content/javascript e, na página que abrir, vá em Bloquear e Adicionar. Ali, insira os seguintes endereços (todos precedidos de [*.]):

  • [*.]cartstack.com.br
  • [*.]shopback.com.br
  • [*.]shopconvert.com.br
  • [*.]shoptarget.com.br
  • [*.]shoptarget.net
  • [*.]shoppush.com.br
  • [*.]smartbmc.com.br
Bloqueio de rastreamento no Chrome

Você também pode ir em chrome://settings/content/cookies e adicionar esses mesmos endereços em Bloquear.

Esses são os endereços que eu identifiquei. Se você receber um e-mail com endereço diferente, basta voltar a essa página no Chrome e adicioná-lo à lista de bloqueios.

Mozilla Firefox: abra o menu do Firefox (à direita da barra de endereços), vá em Opções / Privacidade e Segurança. Em Bloqueio de conteúdo, vá em Cookies de terceiros e ative a opção Rastreadores.

Bloqueio de rastreamento no Firefox

Tentei parar o recebimento desses e-mails de várias maneiras, mas foram essas configurações que praticamente acabaram com o problema por aqui. Deve dar certo para você também 😉