Coreia do Sul multa fabricantes de LCD por fixação de preços

Autoridades da Coreia do Sul responsáveis por fiscalizar o comércio no país multaram recentemente nada menos que dez fabricantes de painéis LCD por fixação de preços, prática que no Brasil é conhecida como “formação de cartel”. Entre as empresas envolvidas estão Samsung Electronics, LG Display, AU Optronics, Chimei Innolux e HannStar Display.

De acordo com as investigações das autoridades, as companhias envolvidas realizaram várias reuniões entre 2001 e 2006 com o objetivo de fixar preços para seus lotes de telas. Juntas, estas empresas respondem por mais de 80% da produção mundial de LCD.

A fixação de preços é uma prática ilegal porque pode não só fazer com que determinados produtos custem mais caro no mercado como também desestimula a concorrência e prejudica a atuação de companhias não envolvidas nos acordos.

As multas, se somadas, correspondem a quase 180 milhões de dólares, sendo que a maior parte deste valor, cerca de 87 milhões de dólares, foi destinada à Samsung. A LG aparece logo atrás, tendo que pagar o equivalente a 55 milhões de dólares, aproximadamente.

A LG declarou que irá recorrer da multa. A Samsung, por sua vez, disse que aceitará a decisão.

Algumas das companhias investigadas já haviam sido multadas por motivos semelhantes na Europa e nos Estados Unidos.

Referências: Reuters, BusinessDay.

Um comentário em “Coreia do Sul multa fabricantes de LCD por fixação de preços”

Os comentários estão fechados.