Vergonha de tirar fotos em público

Se tem um segmento que foi afetado drasticamente pela evolução da tecnologia foi o de fotografias. Em um passado não muito distante, comprávamos filmes de 12, 24 ou 36 poses para as nossas (muitas vezes quase descartáveis) câmeras analógicas. Hoje, fazemos trocentas fotos digitais do mesmo evento, comportamento que evidenciou um fenômeno curioso: a vergonha que muitas pessoas sentem ao tirar fotos em público.

É claro que esta situação depende das circunstâncias. Se você estiver em um ponto turístico ou em uma festa, por exemplo, tirar fotos é uma prática até esperada, logo, todos os presentes ficam à vontade quanto a isso, com uma ou outra possível exceção. Agora, se você estiver andando em uma rua movimentada, mas sem qualquer atração aparente, a vergonha de tirar fotos pode florescer sem dó.

Eu pensava que, por influência da minha timidez, sentir desconforto ao tirar fotos em público era exclusividade minha. Mas acabei descobrindo que este é um fenômeno bastante comum, não só no que se refere a aparecer nas imagens, como também em relação a parar em lugares públicos e apontar a câmera em alguma direção. Isso é horrível, porque você pode perder a chance de conseguir uma foto excelente.

Tirar uma foto assim, no meio do povo, é uma tarefa difícil para mim

Tirar uma foto assim, no meio do povo, já foi mais difícil para mim

Para tentar compreender este comportamento, passei a prestar atenção em minha reação ao tirar fotos em público e também ao me deparar com alguém fazendo isso. Aí eu percebi que, por alguma razão, este ato atrai os olhares das pessoas próximas. Mas não se trata, necessariamente, de olhares de julgamento: normalmente, as pessoas se perguntam “do que é que ele está tirando foto?” e, segundos depois, esquecem completamente o assunto.

Dependendo da ocasião, as pessoas ao redor olham para analisar a situação: ninguém gosta de estar na mira da câmera de um desconhecido, logo, instintivamente tentam identificar se aquele é um momento de ameaça. Se estiver tudo bem, a pessoa já terá esquecido o fotógrafo ao dobrar a esquina.

Com base nestas percepções, eu passei a tentar diminuir este incômodo. Eis algumas dicas que funcionam bem comigo:

  • Se acostume com a ideia: tirar fotos em público atrai olhares alheios. Mas as pessoas logo esquecem, por isso, não se preocupe;
  • Tome cuidado para não fazer com que as pessoas ao redor desconfiem de que elas são o alvo da foto;
  • Também tome cuidado para não atrapalhar a circulação das pessoas, tirando fotos em escadas, por exemplo;
  • Se você precisa tirar fotos focando em pessoas, peça permissão a elas. Pode até ser que alguém te peça a fotografia depois;
  • O mesmo vale se você quiser tirar fotos de algum objeto ou acontecimento, como um carro incomum: peça permissão ao dono ou ao organizador;
  • Se você estiver em uma estação do Metrô ou em um parque, por exemplo, e perceber que seguranças estão observando atentamente a sua ação, pode ser uma boa ideia perguntar a eles se há algum problema em tirar fotos ali;
  • Chamar um amigo para te ajudar com as fotos também é um jeito de diminuir o desconforto;
  • Se o que você tem é medo de roubarem a sua câmera, contar com o reforço de amigos é uma excelente ideia, assim como tirar fotos em lugares mais movimentos, se possível.

Se você não tem problema nenhum em tirar fotos em público, meus parabéns! Se tem, espero que estas dicas possam mesmo te ajudar 😉

Emerson Alecrim