Para EA, Sony já perdeu a guerra dos consoles de última geração

Larry Probst, o principal executivo da Eletronics Arts (EA), uma das maiores desenvolvedoras de jogos do mundo, declarou recentemente que a atual disputa de mercado dos consoles de última geração já tem um perdedor: a Sony, com seu console PlayStation 3.

De acordo com Probst, o primeiro erro da Sony foi ter lançado seu console praticamente um ano depois da Microsoft ter lançado o Xbox 360 que, por sinal, vai muito bem, obrigado. Em seguida, vem a questão do preço: enquanto o Xbox 360 custa, em média, 400 dólares, o PlayStation 3 tem preço médio de 600 dólares. Em seguida, vem a inovação do Nintendo Wii que, embora tenha hardware mais fraco, custa 250 dólares e se mostra inovador por seu recurso de usar movimentos reais no comando dos jogos. Por fim, vem o fato da Sony ter tido um sério problema de logística ao lançar o PlayStation 3: a empresa disponibilizou uma quantidade abaixo do esperado de consoles no lançamento e, até hoje, o fornecimento não foi totalmente normalizado.

Embora Probst não tenha mencionado isso em sua última declaração, anteriormente a EA também havia reclamado da complexidade que é desenvolver games para o PlayStation 3. Será implicância? Acho que não. A EA tem uma participação imprescindível no mundo dos games e, não tenho dúvidas, Probst é uma autoridade no assunto. No entanto, não creio que suas palavras seja um “desincentivo” ao PlayStation 3, mesmo porque, apesar de todos esses problemas, é um senhor videogame.

Referência: El País.

Emerson Alecrim