Kilobyte, megabyte, gigabyte, terabyte… e depois?

No texto ‘Os maiores bancos de dados do mundo‘, a menção de medidas como terabyte e petabyte causou surpresa nos comentários. O motivo é simples: as pessoas mais familiarizadas com informática sabem o significado de byte, kilobyte, megabyte e gigabyte. Uma parcela um pouco menor também sabe o que é terabyte, mas, e o que vem depois disso? Já começou a complicar, né?

Para não restar dúvidas, fiz uma rápida pesquisa, e o resultado é mostrado abaixo. Por meio dessa relação é possível conhecer as medidas referentes a dados mais comuns e as mais desconhecidas. Vamos lá:

1 Byte = 8 bits
1 Kilobyte (KB) = 1024 bytes
1 Megabyte (MB) = 1024 kilobytes
1 Gigabyte (GB) = 1024 megabytes
1 Terabyte (TB) = 1024 gigabytes
1 Petabyte (PB) = 1024 terabytes
1 Exabyte (EB) = 1024 petabytes
1 Zettabyte (ZB) = 1024 exabytes
1 Yottabyte (YB) = 1024 zettabytes

A partir de petabyte, já fica difícil compreender mentalmente o tamanho do volume dados. São valores absurdamente altos! Usando a calculadora do Google, é possível verificar, por exemplo, que 1 yottabyte  corresponde a 1.20892582 × 1024 bytes. Como segundo exemplo, 1 exabyte equivale a 1 bilhão de gigabytes!

Caso queira testar outras medidas, digite o comando “convert 1 yottabyte in bytes” no Google (como mostra a imagem acima) e substitua ‘1’ pelo valor que você quiser e ‘yottabyte’ e ‘bytes’ pelas outras medidas citadas. Boa diversão, mas cuidado para não ficar zonzo no meio de tantos bytes 😉

Saiba mais no seguinte artigo: O que são bits e bytes?

Emerson Alecrim