Crise financeira no Seconf Life

Crise no Seconde LifeNão é novidade para ninguém que o Second Life está enfrentando problemas. A situação, que inicialmente aparentava ser pouco preocupante, parece ter atingido um nível crítico. Prova disso é que o Ginko Financial, o banco do Second Life, está mal das pernas…

A percepção de que o Second Life não é tudo aquilo que muitos diziam e as cada vez mais constantes notícias de que essa “segunda vida” está ficando mais deserta que o Plenário da Câmara dos Deputados em véspera de feriado, fez com que muitos corressem para tirar os valores que têm no Ginko Financial. Como conseqüência, o banco está prestes a quebrar, já que essa situação o fez dever mais de 180 mil dólares (ou cerca de 55 milhões de Linden Dollars, a moeda oficial do Seconde Life)!

Numa tentativa desesperada (se não a única) de frear a saída de capital, o Ginko Financial, que curiosamente é operado em São Paulo, está oferecendo pagamentos através de bônus, no melhor estilo “devo, não nego e pago quando puder”.

Um monte de empresas já saiu do Second Life. Outras permanecem, mas com seus prédios vazios. Li não sei onde que 85% dos usuários que criaram contas no serviço não voltaram mais. Não é por nada, não, mas se eu estivesse no comando da Linden Lab (empresa que controla o Second Life), começaria a entrar em pânico…

Referência: vnunet.com.

Emerson Alecrim