O novo logotipo da Microsoft

Mais do que um sistema operacional, a chegada do Windows 8, marcada para acontecer oficialmente em 26 de outubro de 2012, parece representar também uma nova era para a Microsoft. A empresa vem atualizando seus produtos para deixá-los em harmonia com a interface da plataforma, criando uma espécie de padrão visual dos novos tempos. Neste sentido, a empresa decidiu mudar também o seu logotipo.

Logo novo:

O novo logo da Microsoft

Logotipo anterior (qual é o melhor, na sua opinião?):

O logotipo anterior da Microsoft

O símbolo anterior esteve em uso por nada menos que 25 anos. Com ele, a Microsoft participou da popularização dos computadores pessoais e viu a internet se transformar no que é hoje, por exemplo. Mudar um logotipo assim, que representou a empresa em fases tão importantes, é uma decisão acompanhada de um peso enorme de responsabilidade.

Aparentemente, a Microsoft tratou do assunto com bastante cuidado: o novo logotipo não causa impressões negativas ou chocantes ao usuário, ao mesmo tempo que não parece ser um símbolo à frente ou atrás do seu tempo – é simplesmente uma representação visual atual.

Isso é possível porque a empresa utilizou a fonte Segoe no novo logotipo. E o que há de especial nisso? Acontece que esta é simplesmente a fonte que a Microsoft tem aplicado na descrição de vários de seus produtos ultimamente e que, portanto, explora padrões que o mercado já conhece.

O mesmo vale em relação ao símbolo: enquanto o logotipo anterior é formado apenas pelo nome “Microsoft”, a nova versão é acompanhada de um símbolo familiar, no sentido de remeter indiretamente ao principal produto da companhia: a linha Windows. Se bem que, de acordo com a Microsoft, o uso de uma imagem formada por quatro quadrados, cada um com uma cor diferente, serve para “expressar o portfólio diversificado de produtos da empresa”.

O novo logotipo da Microsoft

De maneira geral, considero a mudança bem feita. O novo logo, da mesma forma que acontece com os símbolos que a Microsoft aplicou ao Windows 8 e aos produtos do Office 2013, possui uma proposta minimalista e, justamente por isso, moderna. É um conceito que empresas como Google e Apple exploram com sucesso.

Emerson Alecrim





  • Evandro Canal

    E a imagem realmente parece uma janela.