Creative terá que compensar clientes por capacidade “errada” de MP3-players

Um juiz da Califórnia (EUA) determinou que a Creative ofereça uma forma de compensação aos clientes que compraram aparelhos de MP3 da empresa entre os dias 5 de maio de 2001 e 30 de abril de 2008. O motivo é um suposto erro na informação da capacidade real de armazenamento de dados desses dispositivos.

Na verdade, essa é uma questão confusa e que já envolveu outras empresas, como a Seagate, em 2007. As embalagens dos produtos informam a capacidade dos aparelhos considerando 1 kilobyte com sendo igual a 1000 bytes, quando os sistemas operacionais normalmente consideram 1 kilobyte como tendo 1024 bytes. Essa diferença faz com que haja divergências quanto à capacidade real do dispositivo, afinal, há quem entenda que o aparelho tem menos capacidade do que informado.

Como conseqüência dessa decisão, a Creative estará oferecendo, até o dia 7 de agosto de 2008, um desconto de 50% para quem comprar em seu site um MP3-player de 1 GB ou desconto de 20% para quem preferir outro aparelho. Para tanto, o usuário precisa ter um documento equivalente à nota fiscal no Brasil para comprovar a compra.

Ainda não há informação se a decisão é válida para compradores fora dos EUA.

Referência: The Inquirer.