Agora é guerra: Apple quer a proibição da importação de produtos da Nokia nos EUA

Toma lá, dá cá: primeiro foi a Nokia que moveu um processo contra a Apple em outubro de 2009 sob a acusação de quebra de patentes. A empresa de Steve Jobs não só negou as acusações, como também entrou com um processo contra a rival em dezembro também por supostas quebras de patentes.

Como se não bastasse, a Apple pediu junto à ITC (International Trade Commission) que os aparelhos da Nokia tenham sua importação suspensa nos Estados Unidos. A entidade tem o poder de fazer isso se considerar como verdadeiras as questões envolvendo patentes.

Mark Durrant, representante da Nokia, afirmou que a empresa, até o momento de sua declaração, não havia sido notificada oficialmente das acusações, mas que a companhia estudará o caso e se defenderá sem hesitação. Também teria dito que isso não muda o fato de a Apple ter utilizado indevidamente tecnologias da Nokia na linha iPhone.

Analistas de mercado afirmam que é bem possível que a Nokia leve a melhor em seu processo, uma vez que a empresa é uma das que mais desenvolvem tecnologias para produtos e serviços móveis, tendo licenciado muitas delas a companhias concorrentes.

Coincidência ou não, recentemente a Kodak fez o mesmo tipo de solicitação à ITC contra a Apple (e contra a RIM), também sob a acusação de quebra de patentes.

Referência: Ars Technica.

Um comentário em “Agora é guerra: Apple quer a proibição da importação de produtos da Nokia nos EUA”

Os comentários estão fechados.