Usuários do PS3 poderão ajudar nas pesquisas contra o câncer e o mal de Alzheimer

A partir do dia 23 de março (2007), os usuários do PlayStation 3 (PS3) que acessam a internet pelo console, poderão participar do programa Folding@Home, iniciativa criada e mantida pela Universidade de Stanford que utiliza computação distribuída para ajudar nas pesquisas de combate ao câncer, ao mal de Alzheimer e a outras doenças.

O Folding@Home funciona, basicamente, da seguinte forma: através de um software especial, o usuário permite que seu computador, quando com capacidade de processamento ociosa, seja usado em conjunto com milhares de outras máquinas para processar informações referentes a proteínas e sua ligação com as doenças já citadas. As informações processadas podem ajudar na descoberta de curas ou no aperfeiçoamento de tratamentos.

Com a novidade, a Sony permitirá que os donos de PS3 participem do programa, fazendo com que o console trabalhe em prol da causa quando não estiver em uso ou quando não estiver utilizando todos os seus recursos. De acordo com a Sony, o PlayStation 3 é capaz de gerar resultados cerca de 10 vezes mais rápidos do que um PC.

Se você não é dono de um PS3, mas quer participar do Folding@Home, visite esta página. Nela, você encontrará softwares para o Windows, para o Linux e para o Mac OS X que permitirão ao seu computador fazer parte dessa rede. Assim, seu PC pode fazer alguma coisa útil enquanto você toma banho, almoça, vai ao mercado, atende o telefone, enfim.

Referências: PlayStation Press Releases e Folding@Home.

Emerson Alecrim