Steve Jobs ataca novamente: linha iPod, iTunes e Apple TV recebem novas versões

Plateia lotada. Público ansioso. Câmeras para todos os lados. Aplausos. Gritos. Não, não é um show de rock. É apenas uma apresentação de Steve Jobs, que apareceu em público mais uma vez para anunciar novidades da Apple, com destaque para a renovação da linha iPod.

Steve Jobs e o seu show!

Steve Jobs e o seu show!

Jobs começou o show ativando seu campo de distorção da realidade falando da abertura de uma sofisticada loja da Apple em Xangai, a segunda unidade da China, aliás. A empresa já possui mais de 300 lojas, a maioria nos Estados Unidos, mas algumas também em países como Canadá, França e Japão. Será que um dia veremos uma no Brasil? Duvido muito, para ser sincero…

Bom, em seguida, Jobs tratou do iOS, o sistema operacional do iPhone, do iPod touch e do iPad. De acordo com o chefão da Apple, são cerca de 230 mil novos dispositivos por dia rodando esse sistema. Ao todo, a App Store já superou a casa dos 6,5 bilhões de downloads. Aproximadamente 200 aplicativos são baixados por segundo, segundo Jobs.

Além de relatar os números “humildes” do iOS, Jobs aproveitou para anunciar a versão 4.1 do sistema, que trará, essencialmente, correções para falhas, especialmente aquelas relacionadas ao iPhone 3G e à conectividade Bluetooth. Também haverá novos recursos, como suporte a vídeos em alta definição via Wi-Fi, criação de fotos em HDR (High Dynamic Range) e o Game Center, uma plataforma de jogos específica para o iOS que terá como principal atributo disputas em multi-player. O game Project Sword foi exibido no palco para mostrar toda a capacidade da plataforma. Sei lá se a jogabilidade será boa, mas ao menos os gráficos impressionaram…

Demonstração do Project Sword

Demonstração do Project Sword

O iOS 4.1 será disponibilizado gratuitamente na próxima semana, mas Jobs disse que a versão 4.2 chegará já em novembro de 2010. Por que um intervalo tão curto? Porque essa versão está sendo pensada principalmente para o iPad e oferecerá, como destaques, possibilidade de impressão remota e AirPlay, um aplicativo que permitirá a transmissão de vídeo, áudio e imagens por Wi-Fi.

Mas agora vamos à parte que mais interessa: o lançamento de novos iPods! De acordo com Steve Jobs, essa linha já vendeu mais de 275 milhões de unidades em todo o mundo. Mas a Apple quer mais! Para isso, primeiramente anunciou um novo modelo do pequenino iPod shuffle, que volta a ter botões, ficando parecido com a versão retrasada da linha:

Novo iPod shuffle

Novo iPod shuffle

O novo iPod shuffle, com capacidade de 2 GB e bateria de 15 horas, custará apenas 49 dólares nos Estados Unidos. Na minha opinião, o modelo deveria ter a capacidade mínima de 4 GB, mas enfim. A Apple disponibilizará o modelo em várias cores “metalizadas”, como azul, rosa, verde e laranja.

O iPod nano também foi renovado. Na verdade, foi a versão que recebeu as maiores mudanças: está mais fino, 46% menor e 42% mais leve que a edição anterior. Os botões de navegação foram eliminados. Em seu lugar, está uma tela sensível ao toque, cuja interface tem uma organização dos ícones que lembra o iOS:

Novo iPod nano

Novo iPod nano

Novo iPod nano

o novo iPod nano tem rádio FM, compatibilidade com 29 idiomas, bateria com duração estimada em 24 horas, além de capacidades de 8 GB e 16 GB, custando 149 dólares e 176 dólares, respectivamente. O modelo também tem um “clip” para prendê-lo à roupa. Ah, também estará disponível em várias cores. A câmera? Sim, ela foi retirada do iPod nano.

Com o tal do clip e o tamanho reduzido do iPod nano, não vejo sentido na continuação do iPod shuffle. Possivelmente, a Apple só está mantendo este último para continuar oferecendo um produto de baixo custo…

Pois bem, continuando, o iPod touch também foi renovado, só não teve tantas mudanças quanto o nano. O modelo agora está ainda mais fino, tem câmera frontal para vídeoconferência, câmera traseira para gravação de vídeos – em alta definição, diga-se – e conta com o processador A4, que já equipa o iPhone 4. Deste último, também “copiou” o recurso Retina Display: onde havia um pixel, agora há quatro, o que deixa as imagens incrivelmente mais bonitas e reais.

Novo iPod touch: poucas mudanças no visual, mas em suas especificações, quanta diferença!

Novo iPod touch: poucas mudanças no visual, mas em suas especificações, quanta diferença!

A versão de 8 GB do novo iPod touch terá preço de 229 dólares. O modelo de 16 GB, 299 dólares. Por sua vez, a versão de 32 GB sairá por 399 dólares.

E não é tudo: Steve Jobs também anunciou a versão 10 do iTunes. A primeira mudança é um novo logotipo, que agora não faz mais alusão a um CD (esses disquinhos ultrapassados). O visual do programa também levou uma repaginada, mas nada muito dramático. A principal novidade fica por conta do recurso Ping, uma espécie de “rede social musical”. Por meio dele, o usuário poderá “seguir” (é o Twitter fazendo escola) outras pessoas pelo iTunes, assim como ser seguido. Para que? Para compartilhar preferências musicais. É um belo jeito de conhecer músicas novas, segundo Jobs.

iTunes 10 - Logotipo

iTunes 10

iTunes 10

o iTunes 10 pode ser baixado aqui para Windows e, claro, Mac OS X.

Acabou? Não. Jobs também anunciou novidades para o Apple TV, dispositivo que não é muito conhecido em terras tupiniquins. Na verdade, nem lá fora. Mas Jobs disse que os usuários do produto o utilizam bastante e, com base na experiência deles, a empresa resolveu lançar um novo Apple TV.

Novo Apple TV

Novo Apple TV

Para começar, o dispositivo está muito menor. E não tem HD. Segundo o todo-poderoso da Apple, é porque os usuários não querem armazenar vídeos. Nem sincronizar esse material com um computador. Só querem assistir. Por isso, o novo aparelho adotará o modelo de aluguel de vídeos, com transmissão direta. Filmes poderão ser alugados por 4,99 dólares. Programas de TV, por 99 centavos. Também será possível obter conteúdo da Netflix, do YouTube e do Flickr. Para conectivade, o dispositivo contará com portas Ethernet e HDMI, além de Wi-Fi. Preço? 99 dólares na terra do tio Barack Obama.

E é isso. Não sei quanto a você, mas eu não fiquei muito impressionado com o que vi. O iPod shuffle voltou a ter botões. Será que a geração anterior não agradou? Quanto ao iPod touch, esse sim ficou bacana, mas era questão de tempo para a Apple lançar uma versão com algumas features do iPhone 4. O iPod nano… Bem, esse me pareceu esquisito. Não que tenha ficado ruim, mas o seu design não me agradou, ficou parecendo aqueles produtos xing-ling que tentam imitar características da – vejam só – Apple! E Jobs não falou sobre o iPod classic. O modelo não foi renovado, mas continuará sendo vendido, só não se sabe até quando.

Mas eu quero ver qual será a desse Ping, no iTunes. Será que vai fazer sucesso? Será que vai desbancar o Last.fm? Veremos nos próximos capítulos… 🙂

Imagens por Apple.

Emerson Alecrim





  • Muito show esse post, fiquei satisfeito com as mudanças, apesar de não ter um ipod, e nem um iphone, quem sabe um dia desenbolso milão pra comprar um…

  • Excelente post! Ainda mais com essa incrível e nostálgica trilha sonora… A ação e criatividade do jogo são coisas que fazem falta nos jogos de hoje… O 3d não valorizou o estilo plataforma.

  • Pingback: InfoWester Notícias » Android Market atinge a marca dos 80 mil aplicativos()