Site vende “amigos virtuais” em redes sociais

Todo mundo sabe que os serviços de redes sociais são uma verdadeira febre na internet. No Brasil, o Orkut faz grande sucesso. Nos EUA e em outros países, os serviços dominantes são o MySpace e o Facebook. Em qualquer que seja a rede, para muitos usuários é importante ter uma lista significativa de amigos (muito dos quais apenas virtuais), pois isso é sinal de status. Tem gente que, sabendo disso, resolveu faturar uma graninha…

Por incrível que pareça, há empresas que estão comercializando “amigos virtuais” no MySpace e no Facebook. Acredite, estão ganhando um bom dinheiro. É o caso do site Fake Your Space. Por apenas 99 centavos de dólar por mês (por cada amigo), um internauta pode ter “amigos” que lhe deixam mensagens semanalmente.

Os “amigos” contratados podem ser escolhidos de acordo com o gosto. Há milhares deles e todos apresentam boas fotos, deixam mensagens agradáveis e atuam de uma forma que somente o usuário mais atento perceberá o truque. Tudo em nome de uma cilada chamada status! Cilada sim, pois mentira tem perna curta…

Tudo bem que na internet muita coisa pode ser virtualizada, mas convenhamos, amizades não. Quem é ávido por “status” pode ter alguma dificuldade de relacionamento. Neste caso, a internet pode ser usada como uma arma para lidar com esse problema, mas não pode ser a solução definitiva. Trocando em miúdos, defendo a idéia de que a rede mundial de computadores deva ser usada para aproximar as pessoas e não para mantê-las cada vez mais grudadas na frente do computador. Se sua “vida virtual” se mostra tão ou mais importante que sua “vida real”, é porque alguma coisa está errada…

Emerson Alecrim