KaZaA pagará 100 milhões de dólares a gravadoras

A Sharman Networks, responsável pela rede de compartilhamento de arquivos (P2P) KaZaA, terá que pagar uma multa de mais de 100 milhões de dólares à indústria fonográfica. O valor foi estabelecido através de um acordo judicial entre a empresa e as principais gravadoras do mercado, como Sony BMG e Universal Music.

KaZaA

O acordo também prevê que o KaZaA se transforme em um serviço legal, o que significa que os usuários do programa terão que pagar para baixar arquivos protegidos por direitos autorais, especialmente músicas em MP3 e WMA.

Sai um, entra outro. Foi assim com o Napster e tantos outros. Atualmente, muitos usuários estão utilizando sites como Megaupload e RapidShare para compartilhar e baixar arquivos de áudio. Em boa parte dos casos, discos inteiros ficam à disposição nesses serviços. Por conta isso, pouca gente se importará com a decisão.

É o fim do KaZaA? Provavelmente sim, mesmo porque esse serviço está cada vez mais em desuso. Quanto a distribuição gratuita de músicas e vídeos, isso sim está longe de acabar…

Referência: BBC News.

Emerson Alecrim





  • Samuel

    O fato de uma rede P2P como a do KaZaA cair não significa nada devido às inúmeras opções para compartilhar arquivos de áudio. Esse número monstruoso de redes de compartilhamento vem do descontentamento para com os preços dos “produtos musicais”, além de a música ser um produto muito bem apreciado por todas as classes sociais. Ah! Se pudéssemos encontrar livros com tanta facilidade com encontramos músicas na internet… Não repreendo ninguém que queria compartilhar suas músicas com o mundo enquanto os preços de Cds não baixarem!!!

  • Vendetta

    Fala serio, o Kazaa só serve para passar virus e musica zuada. Ja vai tarde!!!1

  • Raniel

    Concordo com o Samuel. Os culpados são eles, não nós. Se o Kazaa foi jogar para o outro lado, merece receber o mesmo trabamento agora.

  • Jose Emilio

    não sei não, mais os musicos so querem ganhar vendedo os cds que custa os olho da cara as veis as pessoas cossegue compra um aparelho de som mais não cossegue compra um cd aida quera acabar com a pirataria,o cator e catora vamos abaixa o preço dos cds para que as pessoas de baixa renda poça compra os cds originais. falando do kazza ele e um programa muito bom eu uso sempre e a ter agora não veio virus no meu sistama operacional ater porque eu protejo muito bem minha maquina ok um abraços a todos

  • Felipe DS

    se foi o napster, o audiogalaxy, o winmx, o kazza…..os proximos alvos serão as redes oriundas e as redes de torrent

  • jotacmf

    O negócio seria se acabarem com as redes, vamos acabar tambem com as compras. ( ninguem compra musica nem video) e ai como ficaria?

  • Ivanildo

    É como diz o ditado: “Nada se cria, tudo se copia”. Em todo o mundo e principalmente aqui no Brasil, sempre achamos um jeitinho de facilitar as coisas. Não é com o fim do KaZaA que deixaremos de ouvir nossas canções preferidas! Vai um, vem outro.