Google preparando sua versão do PowerPoint?

Segundo o blog Google Operating System, sim. Para fazer parte do time do Google Docs & Spreadsheets, as ferramentas de edição de textos e planilhas on-line do Google, o maior buscador do mundo parece estar trabalhando em uma versão para a Web de um apresentador de slides, uma alternativa ao PowerPoint.

As suspeitas foram levantadas quando o pessoal do Google Operating System acessou o Google Docs & Spreadsheets através de uma ferramenta que analisa o conteúdo de páginas na Web, e encontrou códigos em JavaScript que levam a crer que o Google está trabalhando em um novo serviço.

Um pequeno trecho dos códigos capturados é exibido abaixo. Note que a palavra Presently na primeira frase em destaque indica que este é, provavelmente, o nome da ferramenta. Note também que há uma certa semelhança com o nome Writely, nome de um editor de textos on-line adquirido pelo Google e, posteriormente, alterado para Google Docs.

var MSG_POPUP_BLOCKER=”Presently is unable to launch your presentation in full-screen mode. Check your pop-up blocker settings.”;
var MSG_NEW_SLIDE_TITLE=”New Slide”;
var MSG_UNSUPPORTED_BROWSER=”Unsupported Browser Presently doesn’t support Opera and will not function properly. Would you like to continue anyway?“;

Repare na segunda frase em negrito. Trata-se de uma mensagem de erro que diz que o Presently não é compatível com o navegador Opera. Olhando todo o código disponibilizado no Google Operating System, é possível perceber que há vários indicativos de que se trata mesmo de um apresentador de slides. Há, por exemplo, instruções para avançar (de slide), dar zoom, aplicar temas e sair da apresentação.

Quem utiliza o serviço de álbum de fotos do Picasa (serviço pertencente ao Google), já deve ter utilizado o recurso de apresentação de imagens em slides. Funciona muito bem, mesmo em máquinas com poucos recursos de hardware. Quando utilizei essa opção pela primeira vez, imaginei justamente que o Google poderia criar uma ferramenta de apresentação de slides usando um esquema parecido. Daí, basta fazer com que o navegador exiba seu conteúdo em tela cheia e, pronto, teremos uma apresentação disponível direto da internet.

Segundo o blog Google Operating System, o Google já removeu os códigos, mas se já estão fazendo testes, é possível que tenhamos acesso ao Presently (se for mesmo esse nome) em breve. Resta aguardar!

Referência: Google Operating System.

Emerson Alecrim





  • Fernando Costa

    Até que gostei do nome Presently, mas vai ser meio difícil pronunciar no Brasil, não? Mas o que importa é a ferramenta 😉

  • Depois disso quem vai precisar do office, isso se não estiver preoculpado com desempenho é claro.

  • Pingback: Techbits()