2011
20
jun

Ataque à SEGA resulta em vazamento de dados de mais de 1,3 milhão de usuários

Sega

Depois da Sony, foi a vez da SEGA ser vítima de um ataque de grandes proporções aos seus servidores na internet. O acontecimento resultou na captura indevida de dados de mais de 1,3 milhão de usuários da rede SEGA Pass. Essas informações consistem, essencialmente, em nomes de usuário, endereços de e-mail e datas de nascimento. A invasão foi identificada no último dia 16.

Senhas também podem ter sido capturadas, o que fez a SEGA decidir por “expirar” todas elas, apesar de esse tipo de informação ser criptografado. Dados de cartões de crédito, por sua vez, não foram capturados. Isso porque, de acordo com a companhia, o sistema de pagamentos da Sega Pass não armazena esses números.

Inicialmente, a invasão foi atribuída ao grupo “hacker” LulzSec, que vem sendo associado a vários ataques executados recentemente. O grupo, no entanto, não só negou a ação, como também se ofereceu para ajudar a Sega a lidar com o problema – eles afirmaram adorar o console Dreamcast. A empresa não se manifestou quanto a oferta.

Até o momento de fechamento desta nota, o serviço SEGA Pass continuava indisponível. Em comunicado, a SEGA informou que comunicará prontamente a reabertura da rede, mas não forneceu previsão de quando isso deverá acontecer.

Referências: Reuters, CNET News.

Comentários desativados em Ataque à SEGA resulta em vazamento de dados de mais de 1,3 milhão de usuários