2012
09
jul

Microsoft confirma lançamento do Windows 8 para o final de outubro

A versão final – e, portanto, comercializável –  do Windows 8 vai mesmo ser lançada em outubro deste ano (2012), mais precisamente, no final do referido mês. A confirmação foi dada recentemente pela própria Microsoft, durante o evento Worldwide Partner Conference 2012, que acontece até o próximo dia 12, em Toronto, Canadá.

Antes disso, em agosto, a Microsoft começará a distribuir a edição RTM (Release to Manufacturing) do sistema, isto é, a versão que é entregue a fabricantes de computadores e tablets para que estes possam lançar equipamentos baseados no Windows 8. Esta previsão vale também para o Windows RT, versão do sistema destinada a tablets com processadores ARM e que não será disponibilizada diretamente aos consumidores finais.

Tela inicial do Windows 8 – Imagem por Microsoft

Tela inicial do Windows 8 – Imagem por Microsoft

A Microsoft planeja fazer com que o lançamento do Windows 8 em “caixinha” no final de outubro ocorra em pouco mais de cem países, o que provavelmente incluirá o Brasil. Em relação aos equipamentos que serão lançados com o sistema, a previsão de chegada ao mercado varia conforme o fabricante, mas não deverá acontecer antes de outubro.

É válido frisar que o consumidor que tiver adquirido um computador com Windows 7 entre 02 de junho de 2012 e 31 de janeiro de 2013 poderá atualizar o sistema para a nova versão pelo preço de 29 reais. Usuários que possuem licenças do Windows 7, Vista ou XP, mas não se encaixam nesta condição, terão a possibilidade de fazer o upgrade por um preço equivalente a 40 dólares na internet ou 70 dólares em lojas físicas.

Referência: Blogging Windows.

Comentários desativados em Microsoft confirma lançamento do Windows 8 para o final de outubro

2012
26
jun

Microsoft adquire Yammer, uma rede social corporativa

A Microsoft iniciou a semana desembolsando nada menos que 1,2 bilhão de dólares pelo Yammer, uma espécie de rede social com foco no segmento corporativo. O serviço foi lançado em 2008 e, apesar de não receber muito destaque da mídia (pelo menos no Brasil), acumula atualmente mais de 5 milhões de usuários.

Microsoft + Yammer

O que muita gente se pergunta é: por que a Microsoft se dispôs a pagar mais de 1 bilhão de dólares por uma rede social que, a princípio, nem é tão conhecida assim? A resposta é simples: para expandir as ferramentas corporativas que oferece – o Yammer se mostra como um excelente complemento ao SharePoint, por exemplo.

Neste sentido, o Yammer conta há tempos com uma extensão que o integra ao Outlook e ao SharePoint, fazendo com que estes tirem proveito de seus recursos sociais (criar grupos, iniciar conversações, entre outros) para acelerar a comunicação interna, reduzindo, ao mesmo tempo, o número de e-mails trocados entre os colaboradores, por exemplo.

Mas, se o Yammer foi adquirido para complementar as ferramentas de produtividade da Microsoft – incluindo aí o Office 365 e o Microsoft Dynamics –, o que acontecerá com os clientes que não utilizam os recursos desta última? De acordo com a turma de Redmond, o Yammer continuará, pelo menos por algum tempo, oferecendo seus serviços de maneira independente, permitindo inclusive que interessados em experimentar a rede continuem criando contas gratuitas.

Comentários desativados em Microsoft adquire Yammer, uma rede social corporativa

2012
04
jun

Computadores comprados a partir de 02 de junho podem ter o Windows 8 por 29 reais

Logo após disponibilizar o Windows 8 Release Preview, última versão de testes de seu próximo sistema operacional, a Microsoft anunciou a liberação do Windows Upgrade Offer. Trata-se de um programa que permite a atualização de computadores adquiridos entre 02 de junho de 2012 e 31 de janeiro de 2013 para o Windows 8 Pro pelo preço de 29 reais. Mas, para isso, há outras condições, além da data de compra.

Para começar, o computador adquirido precisa ter uma Chave de Produto e um Certificado de Autenticidade (o adesivo que mostra o número de série do sistema) do Windows 7, mas apenas as versões Home Basic, Home Premium, Professional e Ultimate são aceitas – máquinas com Windows 7 Starter Edition não são contemplatadas.

Tela inicial do Windows 8 – Imagem por Microsoft

Tela inicial do Windows 8 – Imagem por Microsoft

Além disso, cada pessoa poderá atualizar, no máximo, cinco computadores, desde que estes não tenham uso comercial. Isso porque, de acordo com a Microsoft, empresas e outras organizações não podem contar com o Windows Upgrade Offer, uma vez que há programas específicos de licenciamento para o segmento corporativo.

O Windows Upgrade Offer é válido para 131 países, inclusive o Brasil, tal como você já sabe. O usuário interessado tem até o dia 28 de fevereiro de 2013 para fazer a sua solicitação. Para isso, deve se registrar no site windowsupgradeoffer.com, onde também é possível obter mais informações.

A previsão é a de que o Windows 8 seja lançado oficialmente para os consumidores finais em outubro de 2012. Para rodar o sistema, os requisitos mínimos de hardware são os seguintes:

  • Processador com pelo menos 1 GHz;
  • 1 GB de memória RAM para 32-bit ou 2 GB para 64-bit;
  • 16 GB de espaço em disco ou 20 GB para a versão de 64-bit;
  • GPU compatível com DirectX 9;
  • Tela com resolução de pelo menos 1024×768 pixels.
1
comentário

2012
01
jun

Microsoft libera versão “Release Preview” do Windows 8 para download

Já está disponível para download gratuito o Windows 8 Release Preview, última versão de testes da próxima geração de sistemas operacionais da Microsoft. O software, que conta com versões para processadores de 32-bit e 64-bit, já oferece suporte a vários idiomas, entre eles, português.

Trata-se de um lançamento importante porque mostra que a Microsoft está conseguindo respeitar o cronograma de desenvolvimento do Windows 8. A previsão, de fato, era a de que a versão Release Preview estivesse disponível no início de junho de 2012. A próxima versão, denominada Release to Manufacturing (RTM), deverá ser disponibilizada no final do mês de agosto.

Tela inicial do Windows 8 - Imagem por Microsoft

Tela inicial do Windows 8 – Imagem por Microsoft

O Windows 8 RTM será o lançamento mais crítico, pois corresponde à versão que será disponibilizada a fabricantes para que estes possam lançar equipamentos baseados no sistema. Assim, esta será praticamente a versão final. Por sua vez, a edição que estará disponível nas lojas deverá começar a ser comercializada em outubro deste ano.

Quem testou o Windows 8 Consumer Preview – a versão de avaliação anterior – poderá notar algumas diferenças em relação ao Windows 8 Release Preview, como melhor gerenciamento do uso de memória RAM, aplicativos próprios da interface Metro mais estáveis e novos recursos de personalização da tela inicial.

O Internet Explorer 10 também foi melhorado e agora conta, por exemplo, com integração direta com o Adobe Flash Player (ou seja, este é “nativo”, não funcionando apenas como um mero plugin) e com o recurso de privacidade Do Not Track, que “avisa” aos sites compatíveis com a funcionalidade de que o usuário deseja não ter sua navegação rastreada.

O Windows 8 Release Preview em português pode ser baixado aqui. Os requisitos mínimos de hardware são:

  • Processador com pelo menos 1 GHz;
  • 1 GB de memória RAM para 32-bit ou 2 GB para 64-bit;
  • 16 GB de espaço em disco ou 20 GB para a versão de 64-bit;
  • GPU compatível com DirectX 9;
  • Tela com resolução de pelo menos 1024×768 pixels.
1
comentário

2012
21
Maio

Microsoft começa a liberar acesso à So.cl, sua rede social para estudantes

No final de 2011, a Microsoft confirmou os rumores sobre a criação de uma rede social chamada So.cl. Desde então, o serviço permaneceu restrito a um grupo fechado de usuários, para fins de testes, mas seu acesso começou a ser liberado ao público em geral no último final de semana.

A Microsoft já deixou claro, no entanto, que não pretende competir com o Facebook ou com outras redes sociais. Prova disso é que, para fazer login no serviço, o usuário pode utilizar sua conta do Facebook ou, se preferir, sua Windows Live ID. E, de qualquer forma, a Microsoft é acionista da rede criada por Mark Zuckerberg, tanto que certamente está se beneficiando da chegada da empresa à bolsa de valores.

So.cl

Pelos menos teoricamente, a So.cl (cuja pronúncia é a mesma da palavra “social” em inglês) tem os estudantes como público-alvo. A ideia é a de que os usuários encontrem um ambiente que incentive o compartilhamento de informações, a interação com outros participantes e a criação de páginas com vídeos, fotos ou textos, além da busca por conteúdo novo.

Para ter acesso à So.cl, basta clicar no botão de login do Facebook ou do Windows Live no canto superior direito do site. É válido frisar, todavia, que alguns usuários poderão se deparar com um aviso de “lista de espera” ao fazer isso, provavelmente por causa da grande quantidade de pessoas interessadas em experimentar a novidade.

Comentários desativados em Microsoft começa a liberar acesso à So.cl, sua rede social para estudantes

2012
16
Maio

Para Forbes, Steve Ballmer, da Microsoft, é o pior CEO da atualidade

A Forbes publicou nesta semana uma lista que aponta quais são, segundo o ponto de vista da publicação, os cinco piores CEOs de grandes empresas dos Estados Unidos ou, de acordo com o título da matéria, os “cinco CEOS que realmente merecem ser demitidos”. A revista colocou ninguém menos que Steve Ballmer, da Microsoft, na primeira colocação.

A principal razão apontada pela publicação está no fato de a Microsoft ter se prendido por tempo demais no segmento de PCs e, consequentemente, ter reagido tardiamente em relação aos mercados mais lucrativos da atualidade: smartphones, tablets e música digital. A plataforma Zune, por exemplo, foi um fracasso e até agora a companhia não conseguiu causar preocupação na Apple ou no Google no que se refere às plataformas móveis.

Steve Ballmer – Imagem por Wikipedia Steve Ballmer – Imagem por Wikipedia

Ainda de acordo com a Forbes, se Ballmer tivesse sido substituído anos atrás por um CEO capaz de compreender o ritmo acelerado de mudanças do setor, a Microsoft provavelmente estaria hoje melhor preparada para responder às tendências do mercado.

De qualquer forma, não há nada que indique que Steve Ballmer será substituído, pelo menos não a curto prazo, mesmo porque o mercado ainda espera para saber como será a recepção da plataforma Windows 8 e ainda tem expectativas em relação ao Windows Phone. Além disso, a gestão de Ballmer também tem acertos consideráveis, como o sucesso da plataforma de games Xbox 360.

Os outros CEOs apontados pela revista são: Edward Lampert, da Sears Holdings (2º); Mike Duke, do Walmart (3º); Jeffrey Immelt, da General Electric (4º); e John Chambers, da Cisco Systems (5º).

Referência: Forbes.

Comentários desativados em Para Forbes, Steve Ballmer, da Microsoft, é o pior CEO da atualidade

2012
10
Maio

Nova interface do Bing tem maior integração com o Facebook

A Microsoft continua determinada a aumentar sua participação no segmento de buscas e, para tanto, implementou recentemente mudanças expressivas na interface do Bing. O destaque fica por conta da exibição de informações adicionais nas páginas de busca e na integração com o Facebook, que agora é mais abrangente.

Nova interface do Bing - Imagem por Microsoft

Nova interface do Bing – Imagem por Microsoft

Nesta nova interface, as páginas de resultado exibem três colunas. A principal contém, é claro, os resultados; a segunda mostra, quando cabível, informações complementares ao termo buscado, como uma mapa de um local ou uma lista de restaurantes; a terceira exibe uma lista de contatos no Facebook – a ideia é a de permitir ao usuário, por exemplo, fazer perguntas aos amigos quando não encontrar o que queria no buscador ou descobrir quem “curtiu” determinado conteúdo. A nova interface também permitirá integração com outras redes sociais, como Twitter e LinkedIn.

Como de costume, todas as novidades estarão disponíveis inicialmente para usuários da versão em inglês do buscador, que podem obter acesso à nova interface a partir do endereço www.bing.com/new. Versões em outros idiomas também serão contempladas, mas a Microsoft não informou quando.

O vídeo a seguir mostra alguns detalhes do novo Bing:

Referência: Bing.

Comentários desativados em Nova interface do Bing tem maior integração com o Facebook

2012
10
Maio

Mozilla e Google reclamam de limitações para seus navegadores no Windows RT

O Windows 8 logo mais estará entre nós e é óbvio que muitos desenvolvedores estão preparando seus softwares para a plataforma. E foi justamente neste processo que a Mozilla descobriu que o Windows RT, versão do Windows 8 para a arquitetura ARM, poderá rodar o navegador Firefox de maneira limitada. O Google manifestou a mesma preocupação em relação ao Chrome tão logo a Mozilla se pronunciou sobre o assunto.

Tela inicial do Windows 8 – Imagem por Microsoft

Tela inicial do Windows 8 – Imagem por Microsoft

O que acontece é que o Windows 8 terá, essencialmente, três formas de execução de aplicativos: uma delas utilizará um ambiente apropriado aos programas convencionais, como os que são compatíveis com o Windows 7, por exemplo; outra será específica para a interface Metro, que divide as informações visuais em blocos e salienta linhas retas e cores sólidas para fins de organização; a terceira também contempla a interface Metro, mas utilizando recursos do ambiente tradicional.

O problema é que, em relação a softwares de terceiros, o Windows RT permitirá acesso irrestrito apenas ao ambiente da interface Metro. No entanto, esta restrição não existe para o Internet Explorer. Na visão da Mozilla e do Google, esta situação coloca os navegadores concorrentes em desvantagem, uma vez que estes não poderão acessar recursos essenciais para oferecer desempenho e segurança ao usuário.

Até o momento, a Microsoft não se manifestou sobre o assunto, mas a Mozilla fez recomendações para que a empresa mantenha seus princípios, que consideram especialmente o respeito ao poder de escolha dos usuários. Do contrário, a exemplo do que já aconteceu em um passado não muito distante, a companhia poderá ter problemas legais por possíveis práticas monopolistas.

Referências: The Mozilla Blog, CNET News.

1
comentário

2012
07
Maio

Windows 8 não terá suporte nativo a DVD e Blu-ray

À medida que nos aproximamos do lançamento oficial do Windows 8, mais detalhes sobre o sistema são revelados. Um dos mais recentes, no entanto, pode não agradar aos usuários: de acordo com Bernardo Caldas, diretor da divisão Windows Business Group, da Microsoft, o Windows 8 não reproduzirá DVD e Blu-ray de maneira nativa.

Windows 8 (Imagem por Microsoft)

Windows 8 (Imagem por Microsoft)

Já sabe que, cada vez mais, os consumidores estão preferindo obter filmes e outras produções em vídeo a partir de download ou streaming, fazendo as vendas de conteúdo em DVD e Blu-ray diminuírem praticamente na mesma proporção. Este cenário é consequência direta do crescente número de conexões banda larga em várias partes do mundo. E a Microsoft se apoia justamente neste ponto para tomar a referida decisão.

Na visão da empresa, uma vez que a reprodução de DVD e Blu-ray se torna cada vez menos uma necessidade, a ausência de suporte nativo poderá diminuir os custos com licenças de codecs, refletindo diretamente no preço do Windows 8, embora a companhia não tenha deixado claro em quanto.

O usuário que quiser reproduzir DVD ou Blu-ray em seu computador terá duas opções: instalar softwares de terceiros que incluem os codecs necessários para isso (muitos dos quais gratuitos) ou apelar para um pacote de expansão da própria Microsoft. Neste último caso, os usuários do Windows 8 poderão contar com o Pro Pack, enquanto que usuários do Windows 8 Pro poderão adquirir o Media Center Pack. Estes pacotes permitirão não somente a reprodução de DVD e Blu-ray, como também incluirão codecs para sintonização de TV digital, por exemplo.

Ainda não se sabe se estas opções serão disponibilizadas junto com o lançamento do Windows 8, tampouco quais preços terão.

Referência: Building Windows 8.

Comentários desativados em Windows 8 não terá suporte nativo a DVD e Blu-ray

2012
03
Maio

Microsoft deixará de usar a marca “Windows Live”

Mais uma vez a Microsoft demonstra ter problemas com nomes. Após atribuir a uma série de produtos a marca Windows Live, em 2005, a empresa confirmou recentemente que deixará de utilizar esta denominação. Os produtos – pelo menos os principais – continuarão existindo e, dependendo do caso, tendo algum nível de integração, mas não estarão mais relacionados dentro de um “pacote” de aplicativos.

Esta mudança, na verdade, é bem-vinda, já que quase ninguém utiliza o nome completo dos programas. O Windows Live Messenger, por exemplo, é até hoje chamado de “MSN Messenger” ou simplesmente de “MSN”. Além disso, alguns nomes passam a ter mais sentido: o Windows Live ID passará a se chamar Microsoft Account, denominação mais apropriada, uma vez que este recurso pode funcionar em uma série de serviços, não se limitando às plataformas Windows.

Eis alguns dos novos nomes:

  • Windows Live Messenger – Messaging;
  • Windows Live ID – Microsoft Account;
  • Windows Live Movie Maker – Movie Maker;
  • Windows Live Photo Gallery – Photo Gallery;
  • Windows Live Mail – Mail.

As mudanças começarão pra valer com a chegada do Windows 8, mas não serão relacionadas apenas a nomes. A ideia principal é a de permitir que o usuário faça login no sistema operacional (incluindo aí o Windows Phone) utilizando sua Microsoft Account e, assim, se conecte automaticamente aos serviços nas nuvens da empresa. Obviamente, o usuário poderá determinar quais aplicativos farão parte disso.

Referência: Building Windows 8.

Comentários desativados em Microsoft deixará de usar a marca “Windows Live”