Sob o codinome Richland, AMD anuncia novas APUs Série A

A AMD anunciou recentemente a mais nova versão da sua linha de APUs Série A (A-Series): os chips Richland, que chegam, inicialmente, em quatro modelos, todos voltados prioritariamente ao segmento de laptops. Eis uma breve descrição de cada um deles:

Chip GPU (Radeon) Núcleos Clock (máximo / base)* Cache L2
A10-5750M HD-8650G 4 3,5 GHz / 2,5 GHz 4 MB
A8-5550M HD-8550G 4 3,1 GHz / 2,1 GHz 4 MB
A6-5350M HD-8450G 2 3,5 GHz / 2,9 GHz 1 MB
A4-5150M HD-8350G 2 3,3 GHz / 2,7 GHz 1 MB

*O desempenho máximo é alcançado com a tecnologia Turbo Core, que repassa tarefas da CPU para a GPU conforme a necessidade.

Todos estes chips possuem TDP de 35 Watts, utilizam tecnologia de fabricação de 32 nanômetros e podem trabalhar com memória RAM DDR3 de até 1.600 MHz, com exceção para o modelo topo de linha A10-5750M, cujo limite é de 1.866 MHz.

Símbolo do modelo A10 – Imagem por AMD

Símbolo do modelo A10 – Imagem por AMD

Em relação à geração anterior – os modelos Trinity –, as APUs (chips que concentram as funções de CPU e GPU, vale lembrar) Richland apresentam poucas mudanças, mas todas bem-vindas: melhor processamento gráfico graças às novas GPUs da série Radeon HD 8000; menor consumo de energia, fazendo com que a bateria do portátil dure pelo menos 1 hora a mais, dependendo da aplicação; e um controle aperfeiçado da temperatura.

De acordo com a AMD, os primeiros computadores equipados com chips Richland começarão a aparecer no mercado a partir do segundo semestre de 2013.