SINIAV: governo começará a instalar chips de identificação em carros a partir de janeiro

SINIAVO governo brasileiro, por meio do DENATRAN (Departamento Nacional de Trânsito), começará a exigir a instalação de chips do SINIAV (Sistema Nacional de Identificação Automática de Veículos) a partir de janeiro de 2013 em carros, motos, caminhões e ônibus de todo o país. A partir do segundo semestre de 2014, o dispositivo será obrigatório em todos os veículos.

Para quem não sabe, o SINIAV é um sistema que permitirá o armazenamento de vários dados do veículo dentro de um chip com RFID (Radio-Frequency IDentification), como placa, número do chassi, multas associadas, impostos atrasados, entre outros. A ideia é a de permitir a identificação ou mesmo o rastreamento de veículos por meio de antenas em estradas, cruzamentos e até mesmo em viaturas da polícia.

Com o SINIAV, as autoridades terão, a princípio, mais facilidade para localizar veículos roubados ou clonados, assim como conseguirão identificar mais facilmente carros em situação irregular – na cidade de São Paulo (SP), por exemplo, a prefeitura poderá utilizar o sistema para saber com precisão quais carros não estão respeitando o rodízio veicular, um método de restrição de circulação criado para diminuir os congestionamentos na região.

O assunto é polêmico: há quem apoie o SINIAV pela segurança proposta – será muito mais fácil localizar um carro roubado, como já informado. No entanto, a questão da privacidade também preocupa: para a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), o sistema fere o direito constitucional à garantia de privacidade dos cidadãos, razão pela qual a entidade entrará com uma ação de inconstitucionalidade no Supremo Tribunal Federal contra a iniciativa.

Caberá ao DETRAN (Departamento Estadual de Trânsito) de cada estado o gerenciamento dos processos de instalação dos chips nos veículos. A expectativa é a de que o custo de implementação de cada dispositivo fique na casa dos 5 reais.

Mais informações no link www.denatran.gov.br/siniav.htm.

Referência: Agência Brasil.

2 comentários em “SINIAV: governo começará a instalar chips de identificação em carros a partir de janeiro”

  1. Acredito que esta automatização terá seu lado bom, principalmente pelo lado administrativo, mas não deixaria de ser um pé no saco essa vigilância constante do seu carro.

    Acho que a primeira coisa que iriam fazer, é tentar “hackear” ou de alguma maneira burlar esse sistema…

  2. Acredito que será uma boa iniciativa, não dá pra fugir do fato de que cada vez mais estamos no Big Brother, e a tendencia é só piorar.

Os comentários estão fechados.