PROCON-SP denuncia 29 sites de comércio eletrônico ao DPPC

Botão ComprarO comércio eletrônico no Brasil não para de crescer. Isso é bastante positivo à economia do país e ao consumidor, que encontra preços melhores, maior variedade de produtos, entre outros. Mas é necessário cuidado: lojas on-line irregulares existem aos montes. Prova recente disso é que o PROCON-SP denunciou 29 sites de vendas na internet ao Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania (DPPC).

O principal motivo da denúncia é a não entrega de produtos adquiridos aos consumidores. No entanto, outras irregularidades também foram encontradas: muitas das empresas por trás destes sites não podem ser encontradas em seus endereços oficiais.

“Tentamos contato, inclusive por correspondência, e não obtivemos retorno. Alguns ainda estão no ar oferecendo produtos e podem continuar lesando consumidores desavisados”, explica Carlos Coscarelli, diretor executivo do PROCON-SP.

A lista de sites denunciados pode ser conferida aqui (em PDF). O PROCON oferece orientações sobre comércio eletrônico neste guia (também em PDF). Você também pode conferir as nossas dicas para compras on-line.