Oracle processa Google sob acusação de violação de patentes no Android

Nesta quinta-feira (12/08/2010), a Oracle abriu um processo judicial contra o Google em um tribunal da Califórnia, Estados Unidos, sob a acusação de quebra de patentes e violação de direitos autorais. A ação afirma que o Google utilizou de maneira "consciente e repetidamente" tecnologias da plataforma Java no sistema operacional Android sem o devido licenciamento.

A Oracle passou a deter os direitos sobre as tecnologias Java após adquirir a Sun Microsystems, processo que se iniciou em abril de 2009. A compra, concluída em janeiro de 2010, pode ter custado aos cofres da Oracle cerca de 7,5 bilhões de dólares.

Por conta disso, é possível que esse processo seja um sinal de que a Oracle pretende ser mais rígida quanto ao licenciamento da tecnologia Java, de acordo com alguns analistas de mercado.

O fato é que o Android está ficando cada vez mais popular e, em situações como essa, é comum que detentores de patentes que possam ter algum envolvimento com o projeto queiram tirar o máximo proveito disso, o que significa que o Google já podia estar esperando que algo do tipo acontecesse, mas talvez não nessa proporção.

Até o momento, nenhum representante do Google se pronunciou sobre o caso.

Referência: ZDNet UK.