Na Finlândia, internet banda larga vira direito básico do cidadão

Imagem ilustrativa - Acesso ADSLEnquanto o Brasil fica enrolado com o Plano Nacional de Banda Larga, a Finlândia dá mais um exemplo de como promover o bem-estar de sua população: o governo do país determinou recentemente que o acesso à internet via banda larga é agora um direito básico do cidadão, assim como o fornecimento de energia elétrica e água, por exemplo.

Com a determinação, as empresas de telecomunicações que atuam no país estão obrigadas a oferecer esse tipo de serviço a preços populares, com valor mensal indo de 30 a 40 euros. Neste caso, a velocidade da conexão deverá ser de, pelo menos, 1 Mbps. Mas o plano vai mais além: a meta do governo finlandês é a de fazer com que toda a população tenha acesso de 100 Mbps em 2015.

De acordo com Suvi Linden, Ministra das Comunicações da Finlândia, o país trabalhou duro para criar uma sociedade informatizada, mas o governo percebeu que, mesmo assim, muita gente ainda não tem acesso à internet, cenário que motivou a criação da lei. Atualmente, a estimativa é a de que “apenas” 96% da população finlandesa se conecta à internet regularmente.

O decreto entrou em vigor no dia 1º de julho de 2010.

Referência: BBC News.

2 comentários em “Na Finlândia, internet banda larga vira direito básico do cidadão”

  1. Ta ai um exemplo para o nosso governo de quinta, infelizmente no Brasil não tem nem merenda para as crianças nas nossas escolas públicas quem dirá BANDA LARGA PARA TODOS!

Os comentários estão fechados.