Microsoft deixa de chamar a interface do Windows 8 de “Metro”

Com lançamento oficial marcado para a última semana de outubro (2012), o Windows 8 chama a atenção principalmente por causa de seu padrão visual, que divide as informações em blocos, abusando de linhas retas e cores sólidas. Desde o anúncio desta versão, a Microsoft chama a referida interface de “Metro”, mas, recentemente, passou a evitar esta denominação.

Embora tenha orientado o seu time de desenvolvedores a não utilizar mais o nome “Metro”, a empresa não divulgou nenhum comunicado oficial para tratar do assunto, mas tudo indica que a decisão se baseia no risco de processos judiciais relacionados a marcas envolvendo uma empresa alemã de nome Metro AG.

Tela inicial do Windows 8 com a interface Metr… Ops! – Imagem por Microsoft

Tela inicial do Windows 8 com a interface Metr… Ops! – Imagem por Microsoft

Além disso, “Metro” é, a princípio, um codinome interno, isto é, adotado pelos desenvolvedores e demais funcionários da Microsoft, por isso, a companhia entende que a proximidade do lançamento do Windows 8 exige um termo com apelo mais comercial.

Não há nenhuma definição sobre o nome a ser adotado, mas algumas das últimas publicações da Microsoft tratam a interface como “Windows 8 Modern” ou apenas “Modern”, como é possível ver no post Data Structures class using Windows 8 Modern UI design, publicado nesta quinta-feira (09/0/2012) no portal para desenvolvedores MSDN.

Sendo esta a denominação oficial ou não, o fato é que o mercado já estava habituado ao termo “Metro”. Mas, ironicamente, o mercado também está acostumado com a “indecisão” da Microsoft quanto a nomes: não é raro ver os produtos da empresa mudando de denominação de tempos em tempos.

Referência: The Verge.