“Lamento ter vendido o Flickr tão cedo”, diz Stewart Butterfield

Caterina Fake e Stewart ButterfieldStewart Butterfield, que junto com sua esposa Caterina Fake criou em 2004 o Flickr, uma dos serviços de álbuns de fotos on-line mais famosos do mundo, declarou recentemente à publicação espanhola Revista Capital que lamenta ter vendido o serviço tão cedo ao Yahoo!.

A venda ocorreu em março de 2005, pelo valor de 35 milhões de dólares, transação pela qual Butterfield não se arrepende. No entanto, o fundador do Flickr disse que se tivessem esperado alguns meses mais, teriam vendido o site por um valor dez vezes maior. Não é por menos: o serviço se mostra rentável há bastante tempo, não só por possuir uma boa quantidade de usuários pagantes (que utilizam as chamadas contas “Pro”), mas também devido aos acordos fechados com outras empresas, como Getty Images e HP.

Butterfield trabalhou no Yahoo! por algum tempo, mas saiu da empresa em 2008 para seguir outros caminhos. Atualmente trabalha no projeto Tiny Speck, que promete ser um jogo on-line bastante diferente. Caterina Fake, por sua vez, está se dedicando à rede social Hunch.

Referência: 233 Grados.

Um comentário em ““Lamento ter vendido o Flickr tão cedo”, diz Stewart Butterfield”

Os comentários estão fechados.