Internet Explorer completa 15 anos de existência

Foi em 16 de agosto de 1995 que o navegador Internet Explorer, da Microsoft, deu as caras oficialmente pela primeira vez. Foi também início de uma guerra monumental, que resultou na morte de seu principal rival, o Netscape.

A estratégia adotada pela Microsoft para a tal vitória é criticada até hoje: a partir da versão 3, a companhia passou a incluir o Internet Explorer nas instalações do Windows (versão 95), o que permitiu que, durante um bom tempo, o navegador detivesse mais de 90% do mercado.

Internet Explorer 1 – Imagem por Microsoft

Internet Explorer 1 – Imagem por Microsoft

Tamanho domínio fez com que a empresa de Bill Gates permanecesse um longo período com o desenvolvimento do navegador “estacionado” na versão 6. Esse foi o erro: o navegador Firefox surgiu com várias novidades, conquistou uma boa fatia de mercado e fez com que o segmento de navegadores recebesse a atenção merecida por partes das empresas de tecnologia.

No momento, o Internet Explorer detém cerca de 60% do mercado, contra quase 24% do Firefox, ficando o restante para os browsers Chrome, Safari, Opera e outros menos conhecidos.

Atualmente, a Microsoft trabalha no desenvolvimento da versão 9 do Internet Explorer, cuja primeira versão beta deverá ser lançada no próximo mês. Para não perder mais usuários, uma das apostas da empresa para o novo navegador é a sua velocidade – o programa contará inclusive com aceleração gráfica para elevar seu desempenho. Outros destaques ficam por conta do suporte aos padrões HTML5 e CSS3.

Referência: Mashable.