Google anuncia alterações em sua busca para combater conteúdo de baixa qualidade

Se o Google não consegue fazer com que o usuário encontre o que procura, deixa de cumprir sua principal função. Por isso, a empresa anunciou recentemente mudanças em seu mecanismo de busca para evitar que conteúdo de baixa qualidade seja exibido ao usuário nas primeiras páginas de resultados. Com isso, ganha o Google, que cumpre a sua missão, ganha o gerador de conteúdo de boa qualidade, que terá seu site acessado, e ganha o usuário, que encontrará o que deseja.

Entende-se como conteúdo de baixa qualidade sites que oferecem informações pouco relevantes – que muitas vezes são indexados mediante técnicas não recomendadas de SEO – e, principalmente, páginas que exibem material copiado. É muito comum, por exemplo, encontrar sites que publicam automaticamente conteúdo de outros endereços a partir dos feeds RSS destes. O InfoWester mesmo é vítima frequente deste tipo de prática.

O Google estima que as mudanças alterarão as posições de pouco mais de 10% dos sites. A intenção da empresa é fazer com que os endereços que publicam conteúdo original e de qualidade sejam beneficiados. No entanto, ainda não é possível estimar o impacto que a novidade trará ao cotidiano dos usuários.

Por enquanto, a mudança do algoritmo foi implementada apenas na versão do Google para os Estados Unidos, mas a empresa também promete levar a novidade para os buscadores de outros países, o que deve acontecer de maneira progressiva.

Referência: Official Google Blog.

Um comentário em “Google anuncia alterações em sua busca para combater conteúdo de baixa qualidade”

  1. Esta é uma das melhores notícias dos últimos tempos. Quem se dedica a criar conteúdo de qualidade deve ser beneficiado com o novo mecanismo.

Os comentários estão fechados.