Gol oferecerá Wi-Fi em seus aviões, mas sem internet – Entenda

A partir de 1º de setembro de 2011, clientes que embarcarem em voos da Gol poderão contar com uma nova forma de entretenimento durante a viagem: a empresa fornecerá gratuitamente conteúdo digital dentro de suas aeronaves por meio de Wi-Fi – trata-se do serviço Gol no Ar.

O sistema foi preparado para funcionar em dispositivos iOS (iPhone e iPad) e laptops, mas é possível que funcione em outras plataformas com um ou outro problema de compatibilidade. De qualquer forma, a Gol ressaltou que pretende expandir o suporte da novidade, possivelmente se referindo à plataforma Android.

O material a ser oferecido consiste em notícias, matérias de revistas, programas de TV e até canais de vídeo e música, tudo proveniente de empresas de mídia parceiras. De acordo com a Gol, o conteúdo será atualizado automaticamente toda vez que as aeronaves já equipadas com o sistema pousarem nos seguintes aeroportos: Congonhas (São Paulo), Guarulhos (São Paulo), Santos Dumont (Rio de Janeiro), Tom Jobim-Galeão (Rio de Janeiro), Confins (Belo Horizonte), Dep. Luís Eduardo Magalhães (Salvador), Salgado Filho (Porto Alegre), Pres. Juscelino Kubitschek (Brasília), Val-de-Cans (Belém) e Pinto Martins (Fortaleza).

Avião da Gol

Inicialmente, o Gol no Ar estará disponível em 35 aviões da empresa. O restante da frota receberá o sistema de maneira gradual. Durante os primeiros meses, a companhia avaliará o comportamento dos clientes em relação ao serviço para verificar o que deve ser melhorado.

Em sua estreia, o Gol no Ar poderá ser utilizado em cerca de 250 voos diários, principalmente no eixo Rio de Janeiro – São Paulo. A companhia espera aumentar a oferta para 380 voos diários até o final de 2011. “Os trabalhos de instalação são ágeis. Não há a necessidade de retirar os aviões de operação, como convencionalmente se faz no setor”, explica Claudia Pagnano, vice-presidente de Mercado e Novos Negócios da Gol.

Se levarmos em conta que os custos para oferecer internet em aeronaves são consideravelmente altos, a solução anunciada pela Gol é bastante interessante e tem grandes chances de agradar aos passageiros, principalmente em voos longos. Pode ser também uma maneira eficiente de distrair aqueles que têm medo de voar de avião.