Federal de São Carlos é a primeira universidade brasileira a adotar o IPv6

Imagem ilustrativa de redeA Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) é a primeira instituição de ensino superior brasileira a implementar o protocolo IPv6 em toda a sua rede. A iniciativa teve início após uma série de testes realizada pelo setor de TI da universidade em parceria com o Centro de Estudos e Pesquisas em Tecnologia de Redes e Operações (CEPTRO.br) do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br).

"Em um determinado momento, todas as instituições e empresas deverão estar prontas para o IPv6. Com a implantação já realizada, não teremos impactos significativos quando o novo protocolo estiver de fato implementado em toda a internet", afirma Marcelo José Duarte, responsável pela execução do projeto na UFSCar.

A instituição teve o cuidado de montar uma estrutura computacional tradicional baseada em software livre para lidar com o gerenciamento da rede junto com o protocolo IPv6. Dessa forma, foi possível substituir os roteadores antigos – e incompatíveis com o novo protocolo – sem a necessidade de investimentos para isso.

A adoção do protocolo IPv6 é uma necessidade real. Os endereços IP atuais, baseados na versão 4 do protocolo, deverão se esgotar em um futuro não muito distante. O IPv6 surge para resolver esse problema, por isso, o quanto antes for adotado por provedores, corporações e instituições de ensino ou pesquisa, melhor.

É possível saber mais sobre IPv6 aqui mesmo no InfoWester ou pelo site ipv6.br.

Com informações da assessoria de imprensa do NIC.br.