Facebook e Google: as gigantes que mais adquiriram empresas de capital fechado em 2012

Nota de dólar - imagem ilustrativaUm relatório publicado recentemente pela firma de pesquisas corporativas PrivCo mostra que Facebook e Google foram as companhias que, durante o ano de 2012, mais adquiriram empresas de tecnologia de capital fechado. Muitas delas podem ser consideradas “startups”, isto é, empresas com pouco tempo de existência focadas em inovação. Eis o ranking com as dez maiores “compradoras”:

  • Facebook: 16 aquisições;
  • Google: 16 aquisições;
  • Groupon: 12 aquisições;
  • Twitter: 10 aquisições;
  • Cisco: 10 aquisições;
  • Oracle: 9 aquisições;
  • Microsoft: 8 aquisições;
  • Dell: 7 aquisições;
  • Zayo Group: 6 aquisições;
  • Autodesk: 6 aquisições.

A prática de aquisições de empresas de tecnologia acontece há muito tempo. No entanto, o ano de 2012 se destacou por ter sido o mais movimentado desde 2009: ao todo, 2.357 companhias de capital fechado foram incorporadas por outras, movimentando mais de 84 bilhões de dólares.

Os motivos para as aquisições são diversos, mas uma das razões mais comuns é a necessidade ou oportunidade que algumas companhias têm de implementar em determinado produto uma tecnologia que se mostra promissora. Em outras situações, uma empresa de maior porte vê a chance de fazer um bom negócio adquirindo um serviço que está se destacando. No caso do Google, por exemplo, é válido lembrar que ferramentas como YouTube e Google Earth são frutos de aquisições.

Há casos também em que a compra não visa necessariamente a incorporação de tecnologias ou serviços, mas sim a obtenção de “qualidade profissional”: com a aquisição de uma startup de destaque, a companhia pode absorver uma equipe bastante talentosa e que dificilmente seria encontrada a partir de processos convencionais de recrutamento.

A aquisição de maior destaque em 2012 pertence ao Facebook: em abril, a companhia surpreendeu o mercado ao anunciar a compra do Instagram por nada menos que 1 bilhão de dólares.

Referências: VentureBeat, WSJ.com, PrivCo.