Facebook anuncia ferramenta para prevenir suícidios

Este é o tipo de notícia que, se contada no dia 1º abril, possivelmente atrairia algumas risadas, mas o assunto é bastante sério: o Facebook está colocando em funcionamento um serviço de aconselhamento on-line para evitar suícidios.

A empresa não está fazendo isso como uma medida desesperada para manter usuários. O que acontece é que muitas pessoas que consideram cometer suicídio manifestam esta situação em redes sociais. Em muitos casos que aconteceram, amigos e contatos pouco ou nada puderam fazer, seja porque acharam que se tratava de uma brincadeira, seja porque simplesmente não sabiam como agir.

Com o novo serviço, usuários que perceberem que algum amigo pode estar cogitando a ideia de atentar à própria vida poderão alertar o Facebook por meio de um botão ou link específico. Imediatamente, uma equipe avaliará a situação e, se for o caso, enviará uma mensagem com um número de telefone ou um link de bate-papo (chat) à pessoa com problemas encorajando-a a entrar em contato por um destes meios.

De acordo com Lidia Bernik, que dirige o projeto National Suicide Prevention Lifeline, a opção de chat é importante porque muitas pessoas aceitam conversar sobre o seu problema, mas não se sentem à vontade para falar disso ao telefone.

A observação de amigos é essencial para que este serviço funcione. Isso porque o Facebook não criou nenhum sistema para analisar manifestações de usuários para encontrar indícios de suicídio, dada à grande probabilidade de o software interpretar erroneamente determinadas mensagens.

Pelo menos por enquanto, a ferramenta funcionará apenas nos Estados Unidos.

Referência: Associated Press.

Um comentário em “Facebook anuncia ferramenta para prevenir suícidios”

  1. Poderiam enviar um email, marcado como urgente, à pessoa com problemas, contendo um pps com mensagens de auto ajuda…

Os comentários estão fechados.