Em nota, Steve Jobs deixa bem claro que o Flash não rodará no iPhone e ponto final

AppleSe você é dono de um aparelho com iPhone OS e tinha esperança de ver o Adobe Flash rodando tranquilamente nele, perca todas as suas esperanças! Hoje, Steve Jobs, CEO da Apple, publicou uma nota em que explica de uma vez por todas os motivos pelos quais isso não vai acontecer. E olha que ele foi bastante convincente!

No início do texto, Jobs trata de deixar claro que a Apple e a Adobe se conhecem há muito tempo e que, hoje, ambas trabalham juntas para servir o mercado de criação. Portanto, não há nenhuma causa “sentimental” motivando a restrição. Mas, logo em seguida, o executivo dispara sua “metralhadora” contra o Flash. Eis os principais pontos levantados por ele:

  • O Flash é 100% proprietário, portanto, deixaria a Apple sempre “nas mãos” da Adobe;
  • De fato, a tecnologia Flash predomina nos vídeos on-line, mas em breve os usuários contarão com alternativas oferecidas pelo padrão HTML 5;
  • Há muitos jogos em Flash disponíveis na internet e nenhum deles roda no iPhone OS. Por outro lado, a App Store oferece mais de 50 mil títulos aos usuários;
  • O Flash é a principal causa de travamentos no Mac e há bugs descobertos há anos que ainda não foram corrigidos;
  • A autonomia da bateria dos aparelhos seria diminuída porque o Flash não permite renderização por hardware, o que pouparia recursos;
  • Aplicativos em Flash teriam que ser reescritos para o iPhone OS por terem sido feitos considerando cliques do mouse, coisa que não existe nos aparelhos móveis da Apple.

Os pontos acima foram bastante resumidos. Caso queira, você pode conferir a nota na íntegra no site da Apple (em inglês). Se preferir, você pode acessar o texto de Jobs traduzido para português no blog de Lucas Uyezu.

3 comentários em “Em nota, Steve Jobs deixa bem claro que o Flash não rodará no iPhone e ponto final”

Os comentários estão fechados.