Chips da AMD para tablets? Nem tão cedo!

AMDDurante a mais recente apresentação de resultados da companhia, Dirk Meyer, CEO da AMD, finalmente reconheceu que a empresa tem planos de produzir chips específicos para o tão promissor mercado de tablets. No entanto, isso só deverá acontecer a longo prazo. Por ora, a ordem é  aguardar e observar esse segmento.

De acordo com Meyer, é necessário um grande trabalho de pesquisa e desenvolvimento para explorar o mercado de tablets. Isso porque esses dispositivos necessitam de chips de baixo consumo de energia e de mecanismos de resfriamento diferenciados. Assim sendo, a AMD precisa ter certeza da viabilidade do segmento para explorá-lo a fundo.

A razão para tanta cautela está no fato de a AMD não estar, necessariamente, em um momento confortável. Só no último trimestre do ano, a companhia acumulou perdas no total de 118 milhões de dólares, apesar de ter registrado crescimento de quase 16% no volume de vendas durante o mesmo período.

Difícil é saber de a "falta de pressa" da AMD é uma decisão acertada. Pelo menos nos Estados Unidos, o mercado de PCs está sentido quedas constantes nas vendas, sendo que a popularização dos tablets está levando a "culpa" por isso, com especial destaque para o iPad, da Apple. Assim, esperar esse mercado amadurecer pode significar tanto "entrar no momento certo" quanto "ficar irreversivelmente para trás". Só o tempo dirá.

Referências: SlashGear, Wired, Associated Press.