Brasileiro co-fundador do Facebook investe em nova empresa de pagamentos on-line

JumioO Jumio não foi foi lançado ainda e pouco se sabe sobre como irá funcionar, mas promete ser um serviço de pagamentos on-line e móvel que se destacará no mercado, ao menos nos Estados Unidos. Prova disso é que o projeto conta a participação de executivos de companhias como Google, Amazon, NASA e também de um dos co-fundadores do Facebook: o brasileiro Eduardo Saverin.

Com 28 de anos de idade, Saverin assumiu a liderança da mais recente rodada de investimentos do projeto, injetando mais da metade de um total de 6,5 milhões de dólares destinados ao Jumio. Além disso, o jovem executivo também assumirá uma posição no conselho administrativo da empresa.

As expectativas de Saverin em relação ao Jumio são grandes. Prova disso não é só o valor desembolsado por ele, mas também sua declaração sobre a empresa: “geralmente sou uma pessoa crítica, mas a última vez que vi uma ideia tão perturbadora, esta se tornou o que hoje é o Facebook”.

Antes do lançamento do livro Bilionários por acaso: A criação do Facebook (The Accidental Billionaires: The Founding of Facebook) e do filme baseado na obra, A Rede Social (The Social Network), pouca gente sabia da conturbada participação de Eduardo Saverin na criação da maior rede social do mundo. Parte considerável da fortuna do brasileiro é oriunda de indenizações pagas pelo Facebook.

Referência: TechCrunch.

Um comentário em “Brasileiro co-fundador do Facebook investe em nova empresa de pagamentos on-line”

Os comentários estão fechados.