Bem mais barato: Microsoft confirma fabricação do Xbox 360 no Brasil

Desde que foi lançado oficialmente no Brasil, o Xbox 360 passou por vários cortes de preços, mas em breve será possível adquirir o console pagando ainda menos: é que a Microsoft confirmou hoje (27/09/2011) que iniciará a fabricação do Xbox 360 no Brasil, iniciativa que deixará o console mais barato por eliminar custos com importação e impostos.

A produção, a ser feita na Zona Franca de Manaus, ficará a cargo da Flextronics, a mesma companhia que responde pela fabricação do console na China. A unidade brasileira da empresa tem capacidade para produzir 17 mil unidades do Xbox 360 por semana, podendo triplicar esta quantidade em caso de maior procura no mercado.

Xbox 360: agora fabricado no Brasil (Imagem por Microsoft)

Xbox 360: agora fabricado no Brasil (Imagem por Microsoft)

Com a produção local, as versões do console com 4 GB e 250 GB (com disco rígido) terão seus preços reduzidos para os seguintes valores: de 1.299 para 799 reais e de 1.599 para 1.099 reais, respectivamente. Haverá também duas versões acompanhadas do Kinect que custarão 300 reais a mais.

No final de agosto (2011), a Microsoft havia anunciado a diminuição de preço de alguns jogos, com Gears of War custando 69 reais, por exemplo. Na ocasião, a companhia também noticiou o início da fabricação local de mídias de games que levam o selo Microsoft Studios, o que contribui para os valores menores. A empresa também deverá oferecerá cartões para a rede Xbox LIVE com preços mais acessíveis.

Para demonstrar o comprometimento da Microsoft com investimentos no país, Michel Levy, presidente da Microsoft Brasil, fez o anúncio da fabricação local do Xbox 360 no Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, em Brasília, evento que contou com a presença do ministro Aloizio Mercadante.

“O Brasil está entre as dez principais operações da Microsoft no mundo e é a maior da América Latina, o que reflete a relevância que temos ganhado no cenário socioeconômico global. Nossos investimentos locais crescem à medida que o País se mostra um mercado cada vez mais maduro, seguro e influente no cenário internacional. Afinal, já somos a 8ª maior economia do mundo” disse Levy durante o evento.