Anatel: Brasil já possui mais de 179 milhões de telefones celulares

Telefone celularSomente no último mês de março (2010), foram feitas 2.338,763 habilitações de linhas móveis no Brasil. No mesmo mês, o país ultrapassou a casa dos 179 milhões de telefones celulares em uso. É o que revela um relatório divulgado hoje pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

De acordo com a entidade, desses 179 milhões, 82,48% das linhas são da modalidade pré-paga, ficando o restante, obviamente, com a categoria pós-paga. A teledensidade, medida que indica o número de telefones celulares em uso para cada 100 habitantes, chegou a 93,01 pontos no mês de março.

Os estados que tiveram maior taxa de crescimento no aspecto da teledensidade estão localizados nas regiões norte e nordeste do país. Eis a porcentagem dos cinco maiores em um ano:

  1. Maranhão: teledensidade de 47,11, crescimento de 29,22%;
  2. Piauí: teledensidade de 60,90, crescimento de 28,56;
  3. Amazonas: teledensidade de 77,96, crescimento de 23,21;
  4. Paraíba, teledensidade de 73,72, crescimento de 22,13;
  5. Pará, teledensidade de 67,93, crescimento de 22,03.

O panorama atual de teledensidade por região do Brasil é o seguinte:

  • Norte: 74,56;
  • Nordeste: 74,05;
  • Sul: 97,73;
  • Centro-Oeste: 111,55;
  • Sudeste: 104,47.

A Vivo continua sendo a operadora com a maior base de acessos, tendo 30,12% de dominação do mercado. Claro, TIM e Oi seguem atrás com participação de 25,45%, 23,65% e 20,41%, respectivamente. As tecnologias mais utilizadas são: GSM (88,37%), WCDMA (4,86%) e CDMA (3,81).

Referência: Anatel.