Sony PJ10 e PJ50: filmadoras com projetor embutido

Elas foram anunciadas na feira CES 2011, no início do ano, mas só agora, por acaso, é que tomei conhecimento delas. Estou falando das filmadoras digitais HDR-PJ10 e HDR-PJ50, da Sony, que chamam a atenção por possuírem uma característica pra lá de interessante: ambos os modelos são equipados com um pequeno projetor de imagem.

Quem já passou pela situação de ter fotos ou vídeos bacanas na câmera e não contar com nenhum equipamento por perto para mostrá-los – um monitor, um notebook ou uma TV – sabe como é frustrante ter que se contentar com o pequeno visor do dispositivo. É aí que um projetor embutido entra em cena: dá para mostrar o conteúdo simplesmente direcionando a imagem para uma parede lisa ou para uma lousa, por exemplo. Simples assim.

O modelo HDR-PJ10 tem visor de 3 polegadas sensível ao toque, memória interna de 16 GB, zoom óptico de 30x, detector de faces, estabilizador de imagem, portas USB e HDMI, além de suporte para cartões Memory Stick de até 32 GB ou SD de até 64 GB. O equipamento grava em resolução de até 1920×1080 pixels (full HD) e faz fotos com até 3,3 megapixels.

Filmadora HDR-PJ50 (Imagem: Sony)

Filmadora HDR-PJ50 (Imagem: Sony)

A filmadora HDR-PJ50, por sua vez, tem visor de 3 polegadas sensível ao toque, HD de 220 GB, zoom óptico de 13x, detector de faces, estabilizador de imagem, portas USB e HDMI, e suporte para cartões Memory Stick de até 32 GB ou SD de até 64 GB. O dispositivo também grava em resolução de até 1920×1080 pixels, mas tem o diferencial de fazer fotos com até 7,1 megapixels.

O projetor de ambos os modelos pode gerar imagens com tamanho de 60 polegadas com um distância de 5 metros da superfície. A qualidade não deve ser lá essas coisas, mas com certeza quebra um galhão na hora de mostrar vídeos e fotos aos amigos 🙂

Infelizmente, a Sony não lançou essas filmadoras oficialmente no Brasil, pelo menos até o momento. Nos Estados Unidos, o modelo HDR-PJ10 custa aproximadamente 700 dólares, enquanto que a filmadora HDR-PJ50 está saindo por cerca de 1000 dólares. Há também um modelo intermediário, a HDR-PJ30, com 32 GB de armazenamento interno e preço por volta de 800 dólares.

Ah, um detalhe: a ideia não é necessariamente nova. Em agosto de 2009, por exemplo, a Nikon lançou uma câmera com a mesma característica em questão. Outro exemplo vem da Fujitsu, que lançou recentemente um notebook com projetor no lugar da unidade de CD/DVD.

Emerson Alecrim