Mini-review: adaptador conecta HD IDE ou SATA em porta USB

Na semana passada recebi um press-release que me chamou a atenção: a nota divulgava um adaptador distribuído no Brasil pela Comtac que permite conectar HDs IDE (ou PATA, se preferir) e SATA diretamente em uma porta USB do computador. Achei a ideia tão simples e, ao mesmo tempo, tão útil que resolvi pedir o produto para testá-lo.

O adaptador em si é uma pequena caixinha que contém um conector IDE para discos de 3,5″/5,25″, um conector IDE para unidades de 1,8″/2,5″ (isto é, para HDs de laptops), um conector SATA acompanhado de cabo e um conector USB, também acompanhado de cabo. A ideia aqui é absolutamente simples: pegue um HD qualquer, conecte-o ao encaixe correspondente do adaptador e ligue este último ao computador através da porta USB.

Kit do adaptador USB da Comtac
Kit contém fonte (1) com cabo de alimentação (2), adaptador com cabo SATA (3), cabo USB (4)
e CD com drivers para Windows 98 (5)

Pronto? Quase. Como os HDs consomem bastante energia, é necessário ligá-lo a uma fonte de alimentação. Felizmente, o adaptador é acompanhado de uma que funciona tanto em 110 quanto em 220 volts e que conta com conectores para unidades IDE e SATA. O cabo dessa fonte possui um botão On/Off para ligar e desligar o HD. De acordo com o manual do produto (infelizmente, disponível só em PDF), HDs de 1,8″/2,5″ não necessitam dessa fonte.

Com o HD ligado à fonte de alimentação e ao adaptador, basta conectar este último na porta USB. Em alguns segundos o sistema operacional reconhecerá o disco rígido e você poderá acessar normalmente a unidade. Fiz testes utilizando o Windows XP, o Windows Vista, o Windows 7 e o Ubuntu 9.04. Em todos esses sistemas o HD foi devidamente reconhecido.

HD SATA conectado ao adaptador
HD SATA conectado ao adaptador

A taxa de transferência de dados foi bastante razoável. Utilizei em meus testes um arquivo .iso com cerca de 2 GB. Com um HD SATA de 160 GB da Western Digital, a velocidade ficou em torno de 35 MB/s (megabytes por segundo) no Windows XP, 40 MB/s no Windows Vista e no Windows 7, e 30 MB/s no Ubuntu. Utilizando um surrado HD IDE Maxtor de 40 GB, a taxa de transferência girou em torno de 25 MB/s em todos esses sistemas operacionais.

HD IDE (PATA) ligado ao adaptador
HD IDE (PATA) ligado ao adaptador

Gostei bastante do adaptador. Você pode estar se perguntando qual a vantagem de utilizar um desses se há no mercado vários cases que permitem a um HD convencional se tornar um HD externo. Simples: baixo custo. O preço do kit contendo o adaptador e seus acessórios gira em torno de 80 reais (e ainda há garantia de um ano do fabricante). Para quem deseja, por exemplo, “dar vida” a um velho HD para utilizá-lo para backup, é uma solução bastante barata. Além disso, também é possível utilizar o adaptador para conectar unidades de CD/DVD, característica que é particularmente interessante a quem utiliza laptops que não contam com esse acessório.

Adaptador: cada lado do dispositivo conta com um conector diferente
Adaptador: cada lado do dispositivo conta com um conector diferente

Se você se interessou pelo adaptador, pode encontrá-lo à venda em lojas de informática. Mas, se não conseguir, sugiro que entre em contato com a Comtac para obter o endereço de algum revendedor 😉

OBS.: antes que alguém fale alguma coisa, adianto que não, este não é um texto pago. Eu achei a proposta do adaptador muito boa e pedi um emprestado para testes.

Emerson Alecrim