Mais Apple: MacBook Pro de 13” Retina, Mac mini renovado e o impressionante novo iMac

No evento que revelou o iPad mini, a Apple aproveitou para anunciar outros lançamentos, como de costume. Um deles é o MacBook Pro de 13 polegadas com tela Retina. Outra novidade é a renovação do Mac mini, que mais uma vez decepcionou quem apostava em seu fim. Mas quem roubou a cena mesmo é a nova versão do iMac, que impressiona com a sua espessura cerca de 80% menor em relação à geração anterior.

MacBook Pro de 13 polegadas

No meio do ano, a Apple renovou a linha MacBook Pro com a inclusão de um modelo com tela de 15 polegadas mais fino e equipado com a tecnologia Retina Display, que aumenta sensivelmente a qualidade da imagem na tela graças à densidade elevada de pixels por polegada. Agora, a empresa resolveu fazer o mesmo com modelo de 13 polegadas da linha.

MacBook Pro de 13 polegadas e tela Retina – Imagem por Apple

MacBook Pro de 13 polegadas e tela Retina – Imagem por Apple

O novo MacBook Pro conta agora com a seguinte configuração:

  • Dimensões de 31,4 cm (largura) x 21,9 cm (espessura) x altura (1,9 cm);
  • Peso de 1,6 quilo, aproximadamente;
  • Tela com resolução de 2560 x 1600 pixels;
  • Processador Intel Core i5 de 2,5 GHz ou Core i7 de 2,9 GHz;
  • 8 GB de memória DDR3;
  • SSD de 128 a 768 GB;
  • GPU Intel HD Graphics 4000;
  • Câmera FaceTime HD de 720p;
  • Duas portas Thunderbolt;
  • Duas portas USB 3.0;
  • Uma porta HDMI;
  • Leitor de cartão SD;
  • Wi-Fi 802.11n;
  • Bluetooth 4.0;
  • Bateria com autonomia estimada em 7 horas.

Como se vê, o novo MacBook Pro de 13 polegadas tem um conjunto de hardware bastante satisfatório. A exceção fica por conta do chip gráfico, que poderia ser melhor para combinar com uma tela com definição tão boa.

O novo modelo já está à venda, inclusive no Brasil. Só que por aqui, como você sabe, o bolso sofre: o portátil tem preço inicial de 6.999 reais.

Novo Mac mini

Aquela caixinha cinzenta e simpática que é o Mac mini não foi esquecida pela Apple. Agora, o dispositivo pode ser encontrado com processador Intel Core i5 de 2,5 GHz ou Core i7 de 2,3 GHz, HD de 500 GB ou 1 TB, 4 GB de memória DDR3 e GPU Intel HD Graphics 4000.

Mac mini – Imagem por Apple

Mac mini – Imagem por Apple

No aspecto da conectividade, estão presentes uma porta Thunderbolt, quatro portas USB 3.0, uma porta HDMI, uma porta FireWire 800, conexão Ethernet, leitor de cartões SD, Wi-Fi 802.11n e Bluetooth 4.0.

Os preços é que, novamente, estragam os ânimos para o consumidor brasileiro: o modelo com processador Core i5 custa a partir de 2.499 reais. Já a versão com chip Core i7 sai por 3.399 reais.

Novo iMac

Se a Apple tivesse anunciado apenas o novo iMac, estaria de bom tamanho. A nova versão da linha fez os queixos caírem por causa de sua espessura diminuta. Mal dá para acreditar que por trás daquela tela há ainda um computador completo. Falando nela, a tela também dá um show: com retroiluminação LED e tecnologia IPS, consegue reduzir os reflexos em até 75% e mantém a qualidade das cores ou do brilho mesmo a partir de ângulos mais abertos.

O iMac continua sendo vendido em duas versões. Eis as configurações de cada uma:

iMac de 21,5 polegadas (1920 x 1080 pixels)

  • Processador Intel Core i5 de 2,7 GHz ou 2,9 GHz;
  • 8 GB de memória DDR3 (expansível até 16 GB);
  • HD de 1 TB e 5.400 RPM;
  • Chip gráfico NVIDIA GeForce GT 640M ou GT 650M, ambos com 512 MB de memória.

iMac de 27 polegadas (2560 x 1440 pixels)

  • Processador Intel Core i5 de 2,9 GHz ou 3,2 GHz;
  • 8 GB de memória DDR3 (expansível até 32 GB);
  • HD de 1 TB e 7.200 RPM;
  • GPU NVIDIA GeForce GT 660M com 512 MB de memória ou GTX 675MX com 1 GB.

Ambas as versões contam com câmera FaceTime HD, quatro portas USB 3.0, duas portas Thunderbolt, leitor de cartões SD, conexão Ethernet, Wi-Fi e Bluetooth.

Os finíssimos novos iMac – Imagem por Apple

Os finíssimos novos iMac – Imagem por Apple

Em relação ao armazenamento de dados, a Apple revelou uma opção chamada Fusion Drive. Não se trata de algo realmente novo: é uma solução que combina HD com SSD. A ideia é fazer com que o iMac direcione automaticamente para este último os aplicativos e dados que são mais acessados, já que unidades de armazenamento Flash são muito mais rápidas que os discos rígidos, como você deve saber. Só não ficou claro qual a proporção de espaço entre ambas as tecnologias.

Quanto ao bolso, o modelo de 21,5 polegadas tem preço inicial de 6.199 reais e chegará ao mercado em novembro de 2012. A versão mais barata do iMac de 27 polegadas, por sua vez, custa 8.499 reais em pré-venda, com previsão de lançamento para dezembro.

Emerson Alecrim