HP é acusada de espionar jornalistas

HP acusada de espionagemEis então que cinco jornalistas resolveram levantar o braço e apontar o dedo para a HP (Hewlett Packard). Eles estão acusando a empresa de práticas de espionagem, mais precisamente, de invasão de privacidade.

Para isso, a HP teria usado vários esquemas, entre eles, vasculhamento do lixo da residência dos jornalistas, contratação de pessoas que assumiram identidades falsas para ter acessos aos seus registros telefônicos e até espionagem através de falsos funcionários da limpeza nos escritórios da redação. Um dos jornalistas alega que também foi seguido durante uma viagem que fez à Disney.

Todos entraram com um processo contra a HP exigindo indenização em um valor não relevado. No entanto, essa situação não é nova para a companhia. Em maio deste ano, um ex-executivo da HP confessou à revista Fortune ter feito espionagem contra a Dell, tentando obter detalhes sobre a entrada da concorrente no mercado de impressoras a laser.

Não ficou claro como os jornalistas identificaram a suposta espionagem e quando isso ocorreu, mas eles aparentemente fazem parte de uma lista de pessoas que foram vigiadas por ordem de uma ex-executiva que tentava frear uma possível fuga de informações corporativas da HP.

Das três, uma: ou os jornalistas estão assistindo muitos filmes do James Bond; ou estão apenas querendo faturar uma grana alta; ou essa história é mesmo verdadeira. De qualquer forma, acho que vou passar a semana inteira olhando com desconfiança para a minha impressora…

Referências: Silicon News, CBR Online.