HP comemora os 20 anos de suas impressoras DeskJet

Em fevereiro de 1988, a HP colocava no mercado o primeiro modelo de sua linha de impressoras DeskJet, caracterizada por realizar impressões usando tecnologia de jato de tinta. Sabe-se lá se, na época, a HP imaginava que esse produto seria um dos mais fortes da marca, mas desde então, a HP já comercializou mais de 240 milhões de impressoras e as estimativas atuais apontam para vendas de 18 milhões de unidades por ano.

20 anos de impressoras DeskJet

O primeiro modelo DeskJet da HP trabalhava com uma resolução de 300 dpi, um valor razoável para a época, e era capaz de imprimir até duas páginas por minuto. Esse modelo trabalhava apenas com tinta de cor preta e, assim como qualquer novidade, custava uma verdadeira fortuna: 995 dólares. Somente no final de 1993 é que os preços desse tipo de impressora começaram a baixar de maneira significativa.

A primeira impressora a trabalhar com cores foi o modelo 500C, lançado em agosto de 1991, que utilizava um cartucho com tinta preta e outro com as cores ciano, magenta e amarelo, esquema mantido até os dias de hoje. Essa impressora custava a bagatela de 1.095 dólares e também trabalhava com resolução de 300 dpi.

Em comemoração aos 20 anos de sua linha DeskJet, a HP publicou um pequeno vídeo e um arquivo em PDF que mostram a “linha do tempo” dessas impressoras, ao mesmo tempo em que lançou mais dois modelos DeskJet: as impressoras D2500 e F4200. Só para efeitos de comparação, ambas são capazes de trabalhar com resoluções de até 4.800 dpi e podem imprimir até 26 páginas por minuto na cor preta e 20 páginas por minuto usando o cartucho colorido.

De fato, as impressoras atuais são muito boas e conseguem fazer impressões de excelente qualidade. E a tecnologia continua evoluindo! É até possível que, daqui a 20 anos, a HP comemore os 40 anos da linha Deskjet, mas eu espero que, bem antes disso, possamos comemorar a diminuição do preço dos cartuchos de tinta. É, eu sei, talvez nem em sonho isso aconteça…

Se quiser saber mais sobre impressoras, leia este artigo.

Referência: HP.

Emerson Alecrim





  • Claudio Freitas

    Eu já espero que as lasers fiquem baratas a ponto de não fazer mais sentido possuirmos jatos de tinta.

  • Emerson Alecrim

    A questão aí não é nem preço. As impressoras laser ainda não conseguem imprimir conteúdo rico em cores e detalhes no mesmo nível de qualidade que as impressoras à jato de tinta mais avançadas.