Executivo do Google vem ao Brasil para tratar dos problemas do Orkut

David C. Drummond, vice-presidente de Desenvolvimento Corporativo e Conselheiro Jurídico do Google, esteve em Brasília nesta quarta-feira (26/04/2006) para comparecer à audiência pública que trata de denúncias de crimes realizados no Orkut. O procurador Sérgio Gardenghi Suiama acusou o Google de ser a única empresa que não colabora com as autoridades brasileiras na investigação de crimes realizados na internet. De acordo com Drummond, todas as informações referentes ao Orkut ficam armazenadas na Califórnia, EUA, e a filial brasileira da empresa não controla esse serviço. Isso significa que o Google responde às leis americanas e que o fornecimento de dados de maneira imediata pode ser considerada ilegal nos Estados Unidos – daí a não colaboração à maneira que a Justiça brasileira requisita.

O Google divulgou uma nota na tarde desta quarta-feira em que confirma a existência de falhas no gerenciamento de usuários no Orkut e promete medidas para colaborar com a investigação de crimes cometidos através do site. Veja algumas:

– A empresa fornecerá às autoridades brasileiras dados de usuários que cometeram infrações, desde que as solicitações sejam razoáveis e feitas de maneira legal;
– O Google poderá manter dados de acesso de usuários por 90 dias (prorrogáveis por mais 90 dias) caso o Ministério Público solicite;
– A empresa também fornecerá dados como endereço IP e informações cadastrais do usuário mediante solicitação do Ministério Público;
– A companhia também poderá fazer denúncias de pedofilia ao Centro Nacional de Crianças Desaparecidas e Exploradas, quando identificar a existência desse problema.

Cerca de 8 milhões de brasileiros usam o Orkut e as denúncias de crimes cometidos neste site – principalmente racismo e pedofilia – aumentaram consideravelmente. No entanto, não há, até o momento, uma solução que consiga acabar de vez com esses problemas, o que indica que essa novela está longe de ter fim.

Referências:

Estadão
IDG Now

Emerson Alecrim