E-mails “fantasmas” se espalham pela internet

Já estamos tão acostumados a receber SPAMs que, quando alguma mensagem do tipo acaba não sendo filtrada, naturalmente a deletamos. Eis então que hoje, quando abri meu Gmail pela manhã, dou de cara com uma mensagem cujo remetente era meu próprio endereço de e-mail. O campo assunto e o corpo da mensagem tinham um número de três dígitos. Na hora me perguntei “que p**** é essa?”, mas apaguei o e-mail e esqueci o assunto.

Pela tarde, ao acessar o boletim da Panda Software, descobri que muitos internautas, no mundo todo, estão recebendo mensagens parecidas. Aparentemente, trata-se de uma ação de um grupo hacker, que estaria confirmando a existência dos endereços de sua base de e-mails. Para fazer com que o próprio endereço do usuário fosse usado como remetente, uma técnica de spoofing foi aplicada. Teve gente que acreditou que a senha de seu e-mail foi descoberta por terceiros.

Nenhuma empresa de segurança, no entanto, sabe qual a finalidade dessa ação. Todas trabalham com hipóteses:

– Envio de SPAM;
– Disseminação de vírus;
– Tentativa de sobrecarga de servidores.

Se a situação pudesse ser tratada em um jogo, apostaria na primeira hipótese. O motivo é simples: o filtro contra SPAM do Gmail é muito eficiente, mas acredito que não rejeitou a mensagem que recebi por ela ter sido supostamente enviada por mim mesmo. Ou seja, pode ser uma técnica para burlar filtros e fazer SPAMs chegarem à caixa de entrada dos e-mails catalogados. Se deu certo no Gmail, o que dirá de serviços de e-mail com filtros mais fracos…

Referência: VirusPortal.

Emerson Alecrim





2 comentários:

  1. Rodrigo Reis


    O Filtro do Gmail não é tão bom assim. aqui eu pego uns 10 spam por dia no meu inbox

  2. Wilerson


    Recentemente eu recebi uns emails desses em duas de minhas caixas postais, uma no GMail e outra no provedor alemão GMX. As duas passaram pelos filtros anti-spam, a do GMX passou pelo filtro anti-spam do Mozilla Thunderbird inclusive.