Dica: documentário on-line alerta para riscos de se usar o celular ao dirigir

Não é só o álcool que não combina com o volante. Falar ao celular ao conduzir um veículo também é bastante perigoso, tanto que um documentário foi disponibilizado recentemente na Web para conscientizar os motoristas de plantão sobre o problema.

De nome From One Second To The Next (algo como “De um segundo para o outro”) e dirigido pela cineasta alemão Werner Herzog, a produção faz parte da campanha It Can Wait (“Isso pode Esperar”, em tradução livre), promovida nos Estados Unidos pela operadora de telecomunicações AT&T.

Celular e direção não combinam (Imagem por TTI)

Celular e direção não combinam (Imagem por Texas A&M Transportation Institute)

A expressão que dá nome à campanha faz referência ao fato de o motorista poder esperar o término da condução do veículo para responder a uma mensagem ou fazer uma telefonema. Nem usar o aparelho via “viva voz” pode ser uma boa ideia: há estudos que mostram que, mesmo não desviando o olhar do trânsito, a atenção do motorista tende a ser prejudicada quando um sistema como o Siri, do iPhone, estiver sendo usado, por exemplo.

O vídeo tem cerca de 35 minutos e mostra entrevistas com pessoas que, de alguma forma, tiveram envolvimento com acidentes ocasionados pelo uso do celular na direção: sobreviventes, familiares de vítimas, socorristas e assim por diante.

Este é o tipo de material que vale a pena não só ser visto como também compartilhado. Se sabe que, nos Estados Unidos, as distrações causadas pelo uso do celular ao volante causam mais de 3 mil mortes por ano, a maioria de pessoas jovens, justamente o público mais adepto da comunicação mais móvel. No Brasil, ainda não há estudos sobre o assunto, mas temo que as estatísticas sejam semelhantes, senão piores.

From One Second To The Next está disponível abaixo (ou, se não estiver aparecendo, nesta página no YouTube). Devo ressaltar que o vídeo está em inglês e não há, até o momento, legendas em português.

Emerson Alecrim