Daniella Cicarelli e sua birra com o YouTube

Eu assino os feeds RSS de vários blogs e sites brasileiros e internacionais, e me assustei ao notar que a maioria deles publicou a notícia de que, por determinação da Justiça brasileira, o site YouTube deveria ser bloqueado no país, já que o vídeo da apresentadora Daniella Cicarelli em cenas íntimas com seu namorado em uma praia espanhola ainda está disponível no serviço.

O advogado de Cicarelli, Rubens Decoussau Tilkian, afirma que o YouTube é o único site que não cumpriu a determinação de excluir o tal vídeo. Na verdade, o Youtube faz isso, mas não é necessário ser muito inteligente para saber que cada vez que um vídeo é excluído, outros são enviados ao serviço por usuários do site. No entendimento de Tilkian, essa incapacidade do YouTube de lidar com a situação deve ser punida com seu bloqueio em terras brasileiras, embora o Tribunal de Justiça de São Paulo tenha afirmado que a liminar não se refere ao YouTube em si, mas somente aos links do tal vídeo dentro do site.

O assunto até poderia cair no esquecimento dentro de alguns dias, mas em fóruns de discussão, em blogs e até no Orkut, usuários dos serviços de acesso à internet da Brasil Telecom alegam que não está sendo possível acessar o YouTube. Em seu blog Garota Sem Fio, Biz Kunze dá maiores detalhes do problema. Segue um trecho que chamou minha atenção:

“O pessoal da Brasil Telecom, que antes desconhecia o bloqueio, agora me confirma: eles estão cientes do não-acesso específico ao site YouTube. Contudo eles não têm mais dados a passar e pedem que aguardem uma nota oficial. A empresa deverá se pronunciar a respeito.”

Se você está sendo vítima desse bloqueio, não se preocupe, há diversas maneiras de acessar o YouTube enquanto o serviço não se torna acessível novamente, uma delas descritas neste texto do BR-Linux.

O que eu acho incrível nessa história toda é a falta de percepção de que a imagem da Daniella Cicarelli pode ser prejudicada. Muita gente afetada pelo problema deve ter amaldiçoado até a quinta geração da família da apresentadora. Sem contar que esse acontecimento todo faz com que aumente a procura pelo referido vídeo.

Ora, qualquer pessoa, mesmo se desconhecida, será alvo de algum ocasional cinegrafista se estiver praticando atos sexuais em local público. Além disso, qualquer pessoa famosa precisa ter em mente que sempre terá alguém da imprensa seguindo seus passos, portanto, deve tomar os devidos cuidados para evitar problemas como esse. É um dos lados ruins da fama!

O YouTube é um dos sites mais acessados do mundo. Como conseqüência, ir contra ele por razões particulares é o mesmo que bater de frente com a opinião pública. Alguém precisa avisar a Daniella Cicarelli, seus assessores, seu advogado e a Brasil Telecom de que tal decisão está longe de ser inteligente.

Emerson Alecrim