Codinome Apollo: Microsoft apresenta o Windows Phone 8

Windows Phone 8 - ApolloApenas dois dias depois de anunciar ao mundo os tablets da linha Surface, a Microsoft vira notícia novamente ao apresentar oficialmente a mais nova versão de seu sistema operacional para smartphones: o Windows Phone 8, que recebeu o codinome Apollo. Trata-se de uma versão que, apesar de não impressionar, possui características bastante interessantes quando comparada ao Windows Phone 7.5.

Núcleo compartilhado

Para começar, o Windows Phone 8 tem uma espécie de “núcleo compartilhado” com o Windows 8. A ideia aqui é a de que recursos existentes neste último possam ser aproveitados em smartphones com o novo sistema móvel. Com isso, desenvolvedores poderão criar aplicativos que podem rodar em ambas as plataformas, sem passar pelas dificuldades típicas deste tipo de adaptação.

Suporte a hardware melhorado

O suporte a hardware também foi melhorado. Embora não haja, obviamente, expectativa alguma de que esta capacidade seja aproveitada em sua totalidade, o Windows Phone 8 pode agora suportar processadores com até 64 núcleos, o que abre espaço para a tão sonhada característica de execução multitarefa no sistema.

Além disso, a nova versão suporta a instalação de programas em cartões microSD inseridos no smartphone – até então, este dispositivo apenas podia armazenar arquivos “normais”.

Resoluções de tela

No intuito de facilitar a disponibilização de aparelhos com os mais variados portes, o Windows Phone 8 promete suporte para as seguintes resoluções de tela: 1280 × 768 pixels, 1280 × 720 pixels e 800 x 480 pixels, sendo esta última a medida padrão do Windows Phone 7.5.

Tecnologia NFC

Esta talvez seja a novidade mais importante. A tecnologia NFC, que permite a comunicação entre dois dispositivos a partir de um simples aproximação entre eles, ainda está em fase embrionária no Brasil, mas já começa a ser base para aplicações em vários países.

Atualmente, o NFC tem sido utilizado principalmente para permitir pagamentos a partir do telefone celular, por isso, o Windows Phone 8 incorpora um sistema de nome Wallet (sim, a mesma denominação do serviço similar do Google) que tem a proposta de permitir integração com cartões de crédito e débito, além de contar com recursos de segurança diretamente no cartão SIM.

O Wallet do Windows Phone 8 parece funcionar bem, mas depende de parcerias com operadoras de telefonia e instituições financeiras, o que indica que, pelo menos no Brasil, a ferramenta não terá muita utilidade…

Outros recursos

No mais, o Windows Phone 8 conta, entre outras, com as seguintes novidades:

  • Navegador Internet Explorer 10 baseado na versão de mesmo nome desenvolvida para o Windows 8;
  • Tela inicial com características que lembram a interface Metro do Windows 8;
  • Sistema de mapas baseado no Nokia Maps;
  • Ferramenta de reconhecimento de voz Speech (nada comparável ao Siri, do iPhone, é bom frisar);
  • Skype instalado de fábrica (lembrando que o serviço foi adquirido pela Microsoft);
  • Novos recursos para uso no ambiente corporativo.

No vídeo abaixo, mais detalhes da nova tela inicial:

Migração do Windows Phone 7.5 para o Windows Phone 8

Você já tem um aparelho com Windows Phone 7.5 e gostou das novidades do Windows Phone 8, tanto que não vê a hora de migrar para a nova versão, certo? Pois esqueça! De acordo com a Microsoft, quem possui um smartphone com a versão 7.5 não poderá atualizar o sistema para o Apollo. Concordo, estava tudo indo bem demais…

Como se não bastasse, aplicativos criados para a versão 7.5 poderão rodar no Windows Phone 8, mas o contrário não acontecerá. Isso significa que, em um futuro não muito distante, os atuais aparelhos com Windows Phone cairão no “limbo do esquecimento”.

Para amenizar os efeitos desta notícia, a Microsoft informou que usuários do Windows Phone 7.5 poderão contar em breve com a versão 7.8, uma atualização que conterá alguns dos recursos do Apollo – na verdade, tudo indica que a única característica de destaque deste a ser implementada é a nova tela inicial.

É uma situação chata para usuários que estão adquirindo, por exemplo, os atuais aparelhos da linha Lumia, da Nokia. O ponto crítico está no fato de o Windows Phone 8 ter uma estrutura diferente da utilizada nas versões 7.x, fazendo com que uma adaptação se torne muito complexa. Pelo menos é o que explica a Microsoft. De qualquer forma, é um cenário tão incômodo quanto a fragmentação da plataforma Android, por exemplo.

Disponibilidade

Não há data exata definida para a chegada do Windows Phone 8 ao mercado. O que se sabe é que fabricantes como Nokia, Samsung e HTC irão lançar os primeiros smartphones com o sistema no segundo semestre de 2012. Em relação ao Windows Phone 7.8, a informação que se tem é a de que esta atualização será disponibilizada em breve, como já informado.

Referência: Windows Phone Blog.

Emerson Alecrim