Cielo: pague com cartão e faça check-in no Facebook

Nesta terça-feira (27/11/2012), a Cielo reuniu a imprensa em São Paulo (SP) para apresentar oficialmente uma novidade pra lá de inusitada: a integração do Facebook com as suas conhecidas maquininhas. A proposta é a de permitir ao consumidor fazer check-in nos estabelecimentos comerciais conveniados quando efetuar pagamento por cartão de crédito ou débito.

Alexandre Hohagen (esquerda), presidente do Facebook para a América Latina, e Rômulo Dias, presidente da Cielo

Alexandre Hohagen (esquerda), presidente do Facebook para a América Latina, e Rômulo Dias, presidente da Cielo

A ideia até que é simples: no momento de passar pelo caixa, a pessoa terá a opção de fazer check-in a partir da máquina leitora de cartão; quando isso acontece, a descrição do local aparece na timeline de sua conta no Facebook, de forma que seus amigos possam saber que ela esteve naquele estabelecimento e indica os seus serviços (afinal, se a pessoa não gostar, simplesmente não fará check-in).

Os lojistas encontram nesta proposta oportunidades de divulgar seu negócio e fidelizar clientes. O usuário que fizer check-in pode ganhar um cupom de desconto ou um brinde que o incentive a voltar, por exemplo. Além disso, se a pessoa estiver satisfeita com os serviços prestados, pode se sentir motivada a realizar recomendações. A empresa pode então fazer com que estas, quando acessadas, ofereçam promoções, permitindo ao estabelecimento obter novos frequentadores.

Algumas das promoções existentes para check-ins e recomendações

Algumas das promoções existentes para check-ins e recomendações

A Cielo também sai ganhando: como o procedimento de check-in só funciona nas máquinas que têm seu selo, a empresa vê aí uma forma de fazer com que o uso de seus serviços aumente. O mesmo princípio vale para o Facebook: esta é uma forma de fazer com que os usuários utilizem mais a rede social.

A princípio, tudo é muito bonito e florido, mas é claro que ainda não dá para saber se a ideia irá mesmo “pegar”. Vários possíveis problemas podem causar um efeito negativo. Por exemplo: se o procedimento de check-in em uma loja for demorado, o usuário poderá não se sentir motivado a fazê-lo na próxima oportunidade; se as promoções relacionadas decepcionarem, os consumidores podem associar a ideia do check-in a uma “furada”.

É por causa disso que a Cielo iniciou o projeto de maneira cautelosa: a novidade entrará em funcionamento a partir de 06 de dezembro de 2012, mas inicialmente com apenas trinta estabelecimentos da Grande São Paulo e de Campinas (SP). É a maneira que a empresa encontrou de avaliar a recepção à ideia e de identificar problemas antes de lançar a novidade em todo o país.

Tela de recomendação na máquina da Cielo

Tela de recomendação na máquina da Cielo

Apesar da quantidade limitada de estabelecimentos participantes na fase inicial, qualquer pessoa pode utilizar o serviço desde o seu lançamento. Para isso, o primeiro passo consiste em curtir a fan page Cielo Linkci no Facebook, que contém todas as informações sobre a novidade, inclusive a lista de estabelecimentos conveniados. Em seguida, é necessário clicar no botão “Quero me cadastrar” nesta mesma página, dar as autorizações solicitadas e informar nome, CPF e número de celular. O processo será concluído depois que o primeiro check-in for realizado.

O vídeo abaixo dá mais detalhes:

A Cielo explicou que o serviço é gratuito para consumidores e lojistas, embora não descarte algum tipo de cobrança para estes últimos no futuro. Os empresários interessados em explorar a ideia podem encontrar orientações sobre como fazê-lo na fan page informada anteriormente.

Resta aguardar pelo lançamento para ver se a ideia vingará. Tomara que sim. Se bem feitas, as promoções podem realmente criar um formato eficiente de relacionamento entre lojas e consumidores, beneficiando todos os lados. É esperar para ver.

Emerson Alecrim